Captura do indivíduo de codinome Chepe é um golpe contundente contra Los Urabeños

Por Dialogo
agosto 28, 2013

Dentro da Estratégia Contra as Quadrilhas Criminosas, a Polícia Nacional da Colômbia atingiu duramente a quadrilha criminosa ‘Los Urabeños’ no baixo Cauca da Antióquia com a captura de seu principal líder, que tem pedido de extradição dos Estados Unidos.



Trata-se de vulgo ‘Chepe’, responsável por toda a estrutura criminosa que atua nos municípios de Caucasia, Cáceres, Tarazá (Antióquia), Uré e La Apartada, no sul de Córdoba. Cerca de cem homens atuavam sob o comando de ‘Chepe’, apontado pelas autoridades como responsável pela onda de violência deflagrada nesses municípios depois de divergências com os integrantes da quadrilha criminosa ‘Los Rastrojos’ pelo domínio das rotas do narcotráfico.



Sua captura ocorreu quando investigadores subordinados a Dijín o interceptaram na localidade de Piamonte, no município de Cáceres (Antióquia). Durante a operação foram apreendidas duas pistolas 9 mm, oito provedores, 110 cartuchos de pistola e quatro celulares de última geração.



Contra ‘Chepe’ pesam duas ordens de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, emitida pela Promotoria 23 Especializada de Medellín, e outra pelo crime de tráfico, fabricação ou porte de entorpecentes e formação de quadrilha para delinquir, emitida pela Promotoria 280 de Bogotá, além de uma ordem de extradição dos Estados Unidos por delitos relacionados ao tráfico de drogas.



De acordo com as investigações, ‘Chepe’ era encarregado de ordenar a cobrança por extorsões de até 10 por cento dos lucros de empresários, comerciantes, da comunidade em geral e mineradores, marcando encontros com eles em locais clandestinos com a finalidade de cobrar o dinheiro produto das extorsões.










Share