América Central alavanca projetos de segurança por US$ 80 milhões

Por Dialogo
maio 07, 2012


A Comissão de Segurança da América Central reuniu-se em 3 de maio em Tegucigalpa para levar adiante os primeiros projetos de segurança que serão realizados com o apoio da Espanha e da União Europeia por US$ 80 milhões, informou a chancelaria hondurenha em um comunicado.

Os seis primeiros projetos, que serão executados a partir deste mês nos países do Sistema de Integração Centro-Americana (SICA), “atingem quase US$ 80 milhões e serão financiados pelo governo da Espanha e pela União Europeia”, explicou.

Os planos incluem a profissionalização das polícias, o fortalecimento da defensoria pública, a investigação criminal e a gestão penitenciária, explicou a vice-chanceler Mireya Agüero.

O comunicado acrescentou que futuramente outros projetos da Estratégia de Segurança serão apoiados por países como o Canadá, Austrália, Alemanha, Estados Unidos e Itália, e contarão com a cooperação técnica da Colômbia, Chile e México, entre outros.

Durante o encontro os técnicos também abordaram a participação centro-americana na reunião de alto nível sobre a estratégia de segurança da região, que será realizada no dia 16 de maio na sede da ONU, em Nova York.

Atualmente a região tem o maior índice de mortes violentas do mundo, sobretudo no denominado “triângulo norte”. Honduras registra uma taxa de 85 homicídios para cada 100 mil habitantes, seguido por El Salvador (65 assassinatos) e Guatemala (41), segundo dados da ONU, principalmente devido ao narcotráfico.





Share