Brasil: policiais apreendem mais de 24 toneladas de maconha proveniente do Paraguai

Brasil: policiais apreendem mais de 24 toneladas de maconha proveniente do Paraguai

Por Eduardo Szklarz/Diálogo
outubro 01, 2021

Em 3 de setembro de 2021, agentes da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Brasil confiscaram 24,5 toneladas de maconha em uma estrada de Santa Catarina. Foi a maior apreensão de maconha já registrada nesse estado brasileiro, segundo as autoridades.

“A droga era transportada em um caminhão bitrem, escondida dentro de uma carga de milho”, informou a PF em um comunicado. A ação, que teve o apoio da Polícia Militar (PM) de Santa Catarina, foi realizada na rodovia BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

“Por meio da troca de informações entre a PF e a PRF, foi possível identificar e localizar o veículo suspeito, o qual era conduzido por um homem de 46 anos que recebeu voz de prisão”, disse a PF. O motorista foi levado à sede da Superintendência da PF em Florianópolis e responderá por tráfico de drogas, com pena de 5 a 15 anos de reclusão, de acordo com a PF.

Os pacotes de maconha estavam escondidos na carroceria do caminhão, dentro de uma carga de milho. (Foto: Polícia Federal do Brasil)

“O entorpecente estava embalado em fardos, distribuído entre os grãos de milho. Cinco horas foram necessárias para separar a droga e finalizar a pesagem”, informou o site brasileiro G1. O caminhão havia saído da cidade de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, vizinha de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Seu destino era o município de Palhoça, em Santa Catarina, segundo o site brasileiro Campo Grande News.

“Essa foi a segunda mega apreensão de maconha do ano em Santa Catarina. A primeira, envolvendo a PRF, a PF e a PM, flagrou 24,2 toneladas escondidas em uma carga de soja, em 30 de junho, na BR 282”, disse a PRF. Na ocasião, a maconha estava em um caminhão que transitava nos arredores do município de Rancho Queimado. O veículo também havia saído de Mato Grosso do Sul e tinha como destino o município de Palhoça.

“Os fardos estavam marcados com figuras diferentes, o que demostra que pertencem a grupos criminosos distintos ou a locais de entrega pré-definidos”, informou a PRF.

700 quilos de maconha

Em 2 de setembro, a PRF deteve um veículo com outro carregamento de maconha proveniente do Paraguai. Ocupado por dois homens, o carro transitava na rodovia BR-060 quando foi abordado pelos agentes. “Ao se aproximarem do veículo, os policiais já puderam visualizar os tabletes de droga. No porta-malas e no interior, foram encontrados e apreendidos 699 quilos de maconha”, informou a PRF.

“Os dois homens foram presos. Eles pegaram o veículo já carregado com o ilícito no Paraguai, em um local próximo a Ponta Porã, e o levariam até o estado de São Paulo”, completou a PRF. “O condutor disse que receberia R$ 18.000 (quase US$ 3.500) pelo serviço ilegal e o passageiro, R$ 5.000 (quase US$ 950).”

Uma tonelada de maconha

Em 8 de setembro, as autoridades paraguaias detectaram um carregamento de maconha antes que fosse enviado ao Brasil. Agentes da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD) encontraram 1.072 kg da droga no município de Cerro Corá, próximo a Pedro Juan Caballero.

“O carregamento de maconha prensada estava oculto em fossas subterrâneas, perto de uma plantação de banana”, informou o jornal Hoy do Paraguai. Em um vídeo divulgado pela SENAD, os agentes mostram os pacotes enterrados em seis grandes buracos em uma propriedade rural situada na Colônia Maria Auxiliadora.

Share