Brasil: forças de segurança apreendem 1 tonelada de cocaína na fronteira com a Bolívia

Brasil: forças de segurança apreendem 1 tonelada de cocaína na fronteira com a Bolívia

Por Eduardo Szklarz/Diálogo
janeiro 08, 2021

Em 24 de outubro de 2020, a Polícia Federal (PF) do Brasil apreendeu 1.060 quilos de pasta base de cocaína proveniente da Bolívia, na região do Vale do Guaporé, município de Comodoro, Mato Grosso.

A droga foi confiscada durante uma ação coordenada entre a PF, a Polícia Militar do Mato Grosso, o Grupo Especial de Fronteira (GEFRON), o Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) e o Serviço Aéreo do Estado de Goiás.

“A ação contou com a participação de mais de 30 policiais dos estados de Mato Grosso, Rondônia e Goiás, além de um helicóptero e diversas viaturas por terra”, afirmou a PF em um comunicado.

Os traficantes utilizaram uma camionete prateada para transportar a droga oriunda da Bolívia. (Foto: Polícia Federal do Brasil)

Os agentes foram mobilizados após uma ligação feita ao Disque-Denúncia – linha direta da polícia –, apontando suposto tráfico internacional de drogas. “As informações davam conta de que um helicóptero sobrevoava a região em atitude suspeita”, informou o GEFRON.

Os agentes do CIOPAER avistaram o helicóptero pousando na mata e deixando vários pacotes de cor azulada numa camionete prateada. O helicóptero retornou à Bolívia logo em seguida.

“Durante as buscas pela região de mata, equipes do GEFRON em solo localizaram vários buracos que haviam sido cavados pelos suspeitos para esconder o entorpecente”, disse o GEFRON.

Em dois buracos, os agentes encontraram 20 pacotes azuis contendo a pasta base de cocaína. A camionete e os entorpecentes foram encaminhados para a PF de Rondônia. Outra camionete usada pelos traficantes, de cor preta, conseguiu fugir.

“Seguem as investigações para identificar todos os envolvidos no crime, que responderão pela prática de tráfico internacional de drogas e organização criminosa”, informou a PF.

A pasta base foi incinerada em 27 de outubro, em Vilhena, Rondônia. Nesse mesmo dia, a PF deflagrou a Operação Antifumo para desarticular uma organização criminosa responsável pela distribuição de cigarros ilegais de origem paraguaia no estado do Paraná.

“Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão. Uma pessoa foi presa em flagrante após serem localizados cerca de 1.800 pacotes de cigarros distribuídos nos endereços residencial e comercial do alvo”, informou a PF.

“Além da prisão, foram coletadas informações sobre o líder da organização responsável pela distribuição do produto ilícito”, completou a PF.

Share