Brasil faz apreensão recorde de drogas

Brasil faz apreensão recorde de drogas

Por Taciana Moury/Diálogo
agosto 10, 2021

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) do Brasil realizou a maior apreensão de drogas da história do país, interceptando 36,5 toneladas de maconha na cidade de Deodápolis, no Mato Grosso do Sul (MS), estado na região centro-oeste do Brasil que faz fronteira com o Paraguai e a Bolívia. A ação, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), aconteceu no dia 10 de julho de 2021, durante uma fiscalização de rotina na rodovia estadual MS-276.

De acordo com informações do governo do MS, a droga estava escondida em meio a uma carga de soja. A ação gerou um prejuízo de R$ 55 milhões (quase US$ 11 milhões) para o crime organizado.

A droga estava escondida em meio a uma carga de soja. (Foto: Polícia Militar Rodoviária do Brasil)

O governador do MS, Reinaldo Azambuja, enalteceu o trabalho de fiscalização realizado na fronteira do estado. “Mais uma vez, as nossas polícias atuaram de forma eficaz e ostensiva. Quero parabenizar todos os policiais pela atuação firme e determinada em nossas fronteiras”, disse o governador em uma reportagem publicada no site oficial do governo do Estado.

No período de 1º de janeiro a 11 de julho de 2021, o MS retirou de circulação 419,4 toneladas de drogas. “[Houve] um aumento de 30 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado, quando saíram de circulação 321,4 toneladas de entorpecentes”, destacou o governador.

De acordo com a reportagem, as forças de segurança estaduais registraram um aumento de 21 por cento nas apreensões de drogas no primeiro semestre de 2021, em comparação ao mesmo período de 2020. De janeiro a junho de 2021, foram apreendidas 365,7 toneladas de drogas, das quais a maioria – 359 toneladas – foi de maconha. Em 2020, deixaram de circular 301 toneladas de entorpecentes nesse mesmo período.

As ações do VIGIA, Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas, já resultaram em um aumento de 111 por cento nas apreensões de drogas na faixa de fronteira do Brasil. (Foto: Polícia Militar Rodoviária do Brasil)

Programa VIGIA

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, comemorou a maior apreensão de drogas da história do país e enalteceu a ação coordenada pela SEOPI. “Não há dúvidas de que o trabalho integrado entre as polícias é o melhor caminho para combater o crime organizado”, disse o ministro ao site do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Segundo informação do MJSP, as ações implementadas pelo VIGIA, Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas, resultaram em um aumento de 111 por cento na apreensão de drogas em toda a faixa de fronteira do país, comparando o período que vai de junho de 2020 a junho de 2021 com o anterior. Foram confiscadas 673 toneladas de drogas, sendo a principal a maconha.

Share