Pelo menos 22 mortos no México após uma série de ataques em Michoacán

Por Dialogo
julho 25, 2013


Homens armados atacaram elementos da Polícia Federal em seis localidades de Michoacán – oeste do México – e realizaram quatro bloqueios de estradas, com um saldo de 22 mortos nos confrontos, informou em 23 de julho a Secretaria de Governo (Interior).

“Até o momento registram-se dois elementos da Divisão de Forças Federais assassinados” e 15 feridos, “além da estimativa de 20 supostos criminosos mortos”, segundo um comunicado da Comissão Nacional de Segurança da Secretaria de Governo.

Os ataques que, segundo a instituição, foram planejados, começaram quando homens armados com rifles de alto poder escondidos nas montanhas investiram contra membros da Polícia Federal nas localidades de Arteaga, Infiernillo e El Carrizo, na turbulenta região de Tierra Caliente, para onde, em maio passado, foram enviados milhares de militares e agentes federais.

Os homens, armados com rifles e granadas de fragmentação, bloquearam as estradas com caminhões que foram incendiados em quatro trechos. Uma dessas vias é a Siglo XXI, que segue até o porto de Lázaro Cárdenas, um dos mais movimentados do Pacífico mexicano.

O governo reforçou a segurança na região em maio passado, depois que várias comunidades de Michoacán, um dos estados mais pobres do país, se disseminaram em abril formando as denominadas “autodefesas”, integradas por homens armados que se declararam fartos do assédio do cartel Los Caballeros Templarios, que pratica extorsão contra a população, sequestra e mata.

Uma onda de violência atingiu a região nos últimos dias, com uma série de incidentes que incluíram a morte de três policiais em Michoacán, cinco que morreram em emboscadas na mesma estrada Siglo XXI e quatro enforcados em outros povoados.

A violência em Michoacán se instalou depois da captura, há oito dias, de Miguel Ángel Treviño, o “Z-40”, líder do cartel Los Zetas, inimigos acérrimos de Los Caballeros Templarios, uma organização criminosa que prega uma doutrina religiosa peculiar e que tem em Michoacán seu principal bastião.



Share