Criada força binacional de paz argentino-chilena

Por Dialogo
junho 16, 2011


Argentina e Chile formalizaram a criação da força binacional de paz ‘Cruz do Sul’, que começará a operar a partir de 2012 em qualquer lugar do mundo.

O secretário geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon assistiu à apresentação no Campo de Maio (periferia noroeste), onde funciona o Centro Argentino de Treinamento para Missões de Paz (Caecopaz).

Ban deu uma “especial boas-vindas à presença de treinadores do Brasil, Chile, França e Estados Unidos” para colaborar na Caecopaz.

“A contribuição da Argentina e Chile na ajuda ao Haiti depois do terremoto, que produziu milhares de mortos, é um bom exemplo. Juntos, vocês conseguiram estabilizar o país”, acrescentou Ban.

A força ‘Cruz do Sul’ contará com cerca de 1.000 soldados, distribuídos em dois batalhões, um argentino e outro chileno, além de dois esquadrões de
helicópteros, entre outras unidades logísticas.

O ministro da Defesa do Chile, Andrés Allamand, disse que a força “poderá estar mobilizada a partir de 2012 e é fator fundamental na integração e colaboração entre a Argentina e o Chile em matéria de defesa”.





Não se sabe de nenhum sistema do governo superior a democracia, exceto na eventualidade de caos, Guerra, anarquia e infelizmente isso distorceu o sistema no qual falta a maturidade política à população, ou quando os cidadãos tem um baixo nível de educação, são facilmente influenciáveis pela mídia ou fins corruptos de presentes e privilégios
Share