15º Diálogo Anual de Estado-Maior entre os Exércitos dos EUA e do Chile conclui com otimismo quanto às oportunidades de treinamento para 2021

15º Diálogo Anual de Estado-Maior entre os Exércitos dos EUA e do Chile conclui com otimismo quanto às oportunidades de treinamento para 2021

Por Donald Sparks/Exército Sul dos EUA/Editado pela equipe da Diálogo
dezembro 22, 2020

Apesar da pandemia que vem afetando o ambiente global, o Exército Sul dos EUA, como agente executivo do Exército, mantém seu papel de realizar diálogos bilaterais de Estado-Maior com as nações parceiras na área de responsabilidade do Comando Sul dos EUA, com o objetivo de fortalecer as relações profissionais do comando e criar oportunidades de treinamento no hemisfério ocidental.

Embora os treinamentos e exercícios programados ao longo de 2020 tenham sido cancelados por causa do coronavírus, os estrategistas militares do Exército Sul e do Exército do Chile já estão se concentrando em 2021, após os dois exércitos concluírem o 15º Diálogo Anual de Estado-Maior EUA-Chile, realizado virtualmente de 16 a 18 de novembro. O Exército dos EUA realiza diálogos bilaterais anuais de Estado-Maior com o Chile desde 2006, o que foi essencial para aprimorar a interoperabilidade e a cooperação entre os dois exércitos, contribuindo para uma maior segurança e estabilidade na região.

O General de Brigada Daniel R. Walrath, comandante-geral do Exército Sul, em nome do chefe do Estado-Maior do Exército dos EUA, enfatizou a importância do evento para aumentar a segurança regional.

“Nossas nações continuam trabalhando juntas e servindo como faróis de esperança, fidelidade e prosperidade no hemisfério, durante esses tempos difíceis”, disse o Gen Bda Walrath. “Esses Diálogos de Estado-Maior não apenas representam nossa amizade e a parceria entre os dois países e os dois exércitos, mas também continuam aumentando a prontidão e a interoperabilidade de nossas forças.”

O Chile foi o anfitrião dos Diálogos de Estado-Maior deste ano e propôs 45 atividades acordadas nas áreas de logística, assuntos públicos, inteligência militar, cibersegurança e intercâmbios entre militares. Um dos principais acordos foi a aprovação de uma companhia de infantaria da 10ª Divisão de Montanha do Exército dos EUA para realizar treinamentos de montanha na Escola de Guerra de Montanha do Chile, como parte do exercício Vanguarda Sul, em 2021.

“Eu sei que a 10ª Divisão de Montanha está ansiosa para voltar ao ambiente montanhoso e aprender com nossos soldados sobre como operar e lutar nesse terreno em um ambiente de clima frio”, disse o Gen Bda Walrath. “Valorizamos a disposição do seu exército para adaptar-se e permitir não apenas a instrução individual, mas também a oportunidade de operarmos como uma unidade, junto com as suas unidades chilenas de montanha.”

O Tenente-Coronel Michael Woolvet Vila, representante de Operações do Exército do Chile, concordou com o Gen Bda Walrath sobre a importância de retomar as atividades bilaterais com o Exército dos EUA, especialmente porque muitas delas foram suspensas devido à pandemia da COVID-19.

“Devemos continuar criando esses vínculos de amizade e oportunidades de interoperabilidade para que nossos soldados aprendam e compartilhem treinamentos uns com os outros”, disse o Ten Cel Woolvet. “Nossos soldados de montanha compartilharão suas melhores experiências com a 10ª Divisão de Montanha e temos a certeza de que esse intercâmbio de experiências de instrução e treinamento aumentará nossas capacidades para fortalecer a interoperabilidade.”

Como oficial de ligação chileno lotado no Exército Sul, o Coronel Jorge Salinas disse que os Diálogos de Estado-Maior beneficiam a relação e a parceria do seu Exército com o Exército e o Exército Sul dos EUA, porque permitem que os exércitos de ambas as nações discutam as preocupações e questões mútuas.

“Para o Chile, é importante manter essas relações, porque estamos ansiosos para trabalhar em conjunto com os Estados Unidos”, disse o Cel Salinas. “Este ano foi muito difícil para cumprirmos nossa agenda, e esses Diálogos de Estado-Maior foram especiais. Estamos entusiasmados e aguardamos ansiosos por novas oportunidades em 2021, quando poderemos treinar juntos lado a lado.”

Share