Arrow left
Arrow right

2009-11-18

18 de novembro — Resumo das notícias da América Central e do Caribe

CIDADE DO MÉXICO, México — Parlamentares aprovam orçamento para 2010: Graças a um acordo entre as três principais forças políticas do país, a Câmara de Deputados do México aprovou o orçamento nacional para 2010. Os representantes do PAN, PRI e PRD aprovaram, com 437 votos a favor e 25 contra, um gasto de cerca de US$ 244 bilhões, ligeiramente superior ao orçamento atual. Depois de uma contração econômica anual de 7% em 2009, o governo planeja financiar os seus custos graças ao recente aumento do imposto sobre valor agregado (IVA) e do imposto de renda.

[Jornada, El Universal]

CIDADE DA GUATEMALA, Guatemala — EUA colabora com o país no combate às drogas: A USAID, agência do governo dos EUA para o desenvolvimento internacional, doou cerca de US$ 6,7 milhões à Guatemala para combater o narcotráfico e o crime organizado no país. A doação foi feita graças a um acordo de cooperação entre ambas as nações firmado pelo presidente de Guatemala, Álvaro Colom, e pelo embaixador americano no país, Stephen McFarland. O convênio faz parte da Iniciativa Mérida, um plano multilateral aprovado pelo Congresso dos EUA para combater o tráfico de entorpecentes na região.

[EFE, AFP]

SAN JOSÉ, Costa Rica — Negociações do TLC com a China continuam: Depois de cinco encontros, China e Costa Rica iniciaram a sexta e última rodada para negociar os detalhes do tratado de livre comércio (TLC) entre as duas nações. Os países já negociaram os pormenores de más de 6.600 produtos. Agora só faltam negociar 200 para a China e 24 para a Costa Rica. Enquanto os costarriquenhos exigem que os asiáticos permitam o livre comercio de café, açúcar e carne de gado, porco e frango, o governo chinês quer facilitar o fluxo de produtos industriais como pneus e outros do setor metalúrgico.

[Nación, América Economía]

MANÁGUA, Nicarágua — Taiwan faz doação para crianças nicaraguenses: Por meio de um programa denominado "Amor", o governo de Taiwan doou à Nicarágua US$ 850 mil para melhorar as condições dos refeitórios e dos Centros de Desenvolvimento Infantil (CDI) que atendem crianças pobres no país. "Com esta doação, serão reformados 70 centros infantis", comunicou o Instituto Nicaraguense do Seguro Social (INSS). O programa binacional tem como objetivo a reinserção social de centenas de crianças que vivem nas ruas de Manágua.

[El Nuevo Diario, EFE]

Esta reportagem está fechada para comentários e avaliações.