2009-04-03

3 de abril ― Resumo de Notícias da América Central e do Caribe

Leonardo Cuali

TEGUCIGALPA, Honduras ― América Central e União Europeia suspendem negociações: As delegações da América Central e da União Europeia suspenderam a sétima rodada de negociações para um Acordo de Associação (AA) após a saída da Nicarágua. O país ficou descontente com a rejeição da sua idéia de criar um fundo de investimento no valor de 60 bilhões de euros (US$ 80 bilhões). A UE e os outros países centro-americanos (Costa Rica, El Salvador, Guatemala e Honduras) criticaram a saída e pediram à Nicarágua que repensasse a sua decisão. As negociações do AA começaram em outubro de 2007 e cobrem três áreas: comércio, política e cooperação.

[AFP, La Prensa Gráfica, ANSA]

SANTO DOMINGO, República Dominicana ― Tribunal de direitos humanos examina acusação contra Venezuela: A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) deu início a uma ação contra a Venezuela em Santo Domingo. O processo se refere ao caso do general aposentado Francisco Usón Ramírez, que foi condenado a cinco anos e seis meses de prisão após ser considerado culpado de ofender as forças armadas do país. Ramírez declarou que foi tratado como um “criminoso extremamente perigoso” quando foi preso no dia 22 de maio de 2004 por ter feito um comentário na televisão sobre a falta de treinamento dos soldados para o uso de lança-chamas.

[Listín Diario, El Caribe]

CIDADE DO PANAMÁ, Panamá ― Presidente Uribe pede conexão rodoviária entre Panamá e Colômbia: O presidente colombiano Álvaro Uribe pediu a interligação de Colômbia e Panamá por meio de uma estrada na floresta de Darién. Uribe fez uma breve visita ao Panamá no dia 1º de abril, onde se encontrou com o presidente panamenho Martín Torrijos e inaugurou oficialmente a empresa que ajudará a criar uma linha de transmissão de eletricidade entre Panamá e Colômbia. Ele também foi o principal palestrante da Conferência Anual de Executivos de Empresas (Cade). O interesse de Uribe em abrir a área florestal de Darién, que une os dois países, é o resultado de preocupações relacionadas à segurança e ao meio ambiente.

[Notimex, El Financiero]

Esta reportagem está fechada para comentários e avaliações.