2010-05-19

Colômbia pede extradição de suposto barão do narcotráfico

BOGOTÁ, Colômbia – Autoridades colombianas solicitaram que o Brasil extradite o suposto narcotraficante e guerrilheiro José Samuel Sánchez, recentemente detido em Manaus, Brasil. Sánchez, que atende pelos codinomes “Martín Ávila” ou “Tatareto”, é suspeito de ser um membro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), disseram autoridades. Sánchez pode ser extraditado para a Colômbia depois de enfrentar acusações no Brasil, afirmou Sergio Fontes, superintendente da Polícia Federal no estado do Amazonas. [El Colombiano.com (Colômbia), 18/05/2010; El Espectador.com (Colômbia), 18/05/2010]

Esta reportagem está fechada para comentários e avaliações.