2010-07-02

Copa do Mundo: Argentina e Alemanha disputam vaga nas semifinais

Carlos Tevez quer marcar contra a Alemanha e garantir a vaga da Argentina nas semifinais. (Pedro Ugarte/AFP/Getty Images)

Carlos Tevez quer marcar contra a Alemanha e garantir a vaga da Argentina nas semifinais. (Pedro Ugarte/AFP/Getty Images)

Por Dave Carey para Infosurhoy.com — 07/02/2010

WASHINGTON, D.C., EUA – QUARTAS DE FINAL: ARGENTINA x ALEMANHA

Iníco: 3 de julho, 11h

Onde: Estáidio Green Point, Cidade do Cabo

Última vez que chegaram tão longe: Argentina: A Albiceleste chegou às quartas de final na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha, quando foi eliminada nos pênaltis pela anfitriã por 4x2, depois de um empate de 1x1 nos 120 minutos. Alemanha: Die Mannschaft derrotou a Argentina nos pênaltis na Copa do Mundo de 2006 e passou para as semifinais. Os alemães acabaram em terceiro lugar.

Último jogo: Argentina: A Albiceleste passeou na vitória por 3x1 contra o México em um jogo que não refletiu o placar. A Argentina marcou com Carlos Tevez (2) e Gonzalo Higuaín (1). Alemanha: Die Mannschaft derrotou a eterna rival, Inglaterra, por 4x1. Os alemães marcaram com Miroslav Klose, Lukas Podolski e Thomas Mueller.

Significado: Quem ganhar passa para as semifinais e joga contra o vencedor de Espanha e Paraguai, garantindo, no mínimo, o quarto lugar da competição.

Fique de olho em: Argentina: Higuaín. O atacante jogou em apenas três partidas, mas é a surpresa na artilharia da competição com quatro gols. Ele já deu 13 chutes a gol. Alemanha: Klose. O atacante marcou duas vezes na competição e tem 12 gols em Copas do Mundo, empatando com Pelé e a apenas três do recorde de Ronaldo, de 15 gols.

Segredo do jogo: Argentina: Cavar faltas. A Albiceleste já cavou 64 faltas contra míseras 45 cometidas. A disciplina leva a tiros livres e maiores chances e elimina jogadas ensaiadas perigosas do adversário. Alemanha: Mesclar o ataque. Die Mannschaft dependeu muito do ataque pelo lado direito do campo em quatro jogos, atacando 26 vezes por esse caminho, comparado a apenas 13 pelo lado esquerdo e 15 pelo meio do campo.

Você sabia? Argentina: A Albiceleste não perde uma partida em jogos de Copa do Mundo desde uma derrota para a Inglaterra por 1x0 em 2002 na Coreia e Japão, totalizando 10 partidas. O time foi eliminado nos pênaltis em 2006 após um empate com a Alemanha. Alemanha: É difícil ser tão consistente quanto a Die Mannschaft. Em todas suas 17 participações em Copas do Mundo, os alemães passaram para as quartas de final 15 vezes.

QUARTAS DE FINAL: PARAGUAI x ESPANHA

Início: 3 de julho,15h30

Onde: Estádio Ellis Park, Joanesburgo

Última vez que chegaram tão longe: Paraguai: A Albirroja jamais havia chegado às quartas de final, caindo nas oitavas em 1986, 1998 e 2002. Espanha: A Furia Roja chegou pela última vez nas quartas de final em 2002, quando perdeu para a co-anfitriã Coreia do Sul por 5x3 nos pênaltis depois de 120 minutos sem gols.

Último jogo: Paraguai: A Albirroja e o Japão foram os primeiros times a ir para os pênaltis na Copa do Mundo desse ano, após 120 minutos sem gols. O Paraguai ganhou por 5x3, graças ao zagueiro japonês Yuichi Komano, que acertou o travessão. Espanha: A Furia Roja venceu uma batalha defensiva contra um talentoso Portugal por 1x0. A Espanha marcou mais uma vez com David Villa depois de um toque de calcanhar de Xavi Hernández.

Significado: Quem ganhar passa para as semifinais e joga contra o vencedor de Alemanha e Argentina, garantindo, no mínimo, o quarto lugar da competição.

Fique de olho: Paraguai: Roque Santa Cruz. O atacante disse que essa seria sua última Copa do Mundo, mas ele não fez muito individualmente para ajudar seu time, chutando apenas cinco vezes a gol em quatro jogos. Ele tem 21 gols em 72 participações em jogos internacionais. Espanha: Villa. O talentoso atacante está assegurando sua vaga entre os melhores do planeta ao empatar na artilharia da Copa do Mundo com quatro gols. Ele é tido como um dos atacantes mais perigosos da competição e já marcou 42 gols em 62 participações pelo seu país.

Segredo do jogo: Paraguai: Fazer gols. A Albirroja marcou apenas três gols em quatro jogos. O time tem apenas nove ataques pelo centro do campo nessa competição e simplesmente tem que criar mais chances de ataque. Espanha: Jogadas ensaiadas. A Furia Roja ainda não marcou em jogadas ensaiadas nessa competição apesar de ter cavado 74 faltas. A Espanha conclui 81% dos seus passes, mas apenas 29% dos seus cruzamentos e deve melhorar quando tem a chance de armar o contra-ataque.

Você sabia? Paraguai: Os atacantes de Albirroja ainda não marcaram nenhum gol nessa competição, o único time que ainda não fez isso. Espanha: O goleiro Iker Casillas é o maior líder do seu país em campo. Ele veste a braçadeira de capitão há 51 jogos, mais do que qualquer jogador na história da Espanha, ultrapassando o recorde do goleiro Andoni Zubizarreta.

Esta reportagem está fechada para comentários e avaliações.