2011-07-15

Honduras: Narcotráfico ameaça Reserva do Rio Plátano

A biosfera do Rio Plátano, com mais de 5,8 mil km quadrados, corresponde a cerca de 5% do território de Honduras, de 103,6 mil km quadrados. Vai do município de San Esteban, departamento de Olancho, até a região de La Mosquitia, na fronteira com a Nicarágua. (René Novoa para Infosurhoy.com)

A biosfera do Rio Plátano, com mais de 5,8 mil km quadrados, corresponde a cerca de 5% do território de Honduras, de 103,6 mil km quadrados. Vai do município de San Esteban, departamento de Olancho, até a região de La Mosquitia, na fronteira com a Nicarágua. (René Novoa para Infosurhoy.com)

Por René Novoa para Infosurhoy.com—15/07/2011

TEGUCIGALPA, Honduras – Uma parte do patrimônio da humanidade está ameaçada.

As razões: desflorestamento indiscrimado, queimadas de grandes faixas de terra para fins agrícolas e, acima de tudo, a presença de narcotraficantes.

Pela segunda vez em 15 anos, a Reserva da Biosfera do Rio Plátano, declarada Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em 1982, entrou na lista de lugares sob grande risco de sofrer danos.

“Recebemos uma missão da UNESCO e da União Internacional pela Conservação da Natureza (UICN), que, em conjunto com o governo hondurenho, concluíram que a biosfera deveria entrar na lista de lugares do Patrimônio da Humanidade sob ameaça”, afirmou José Antonio Galdámez, vice-ministro do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Florestal (ICF).

O anúncio foi feito em 27 de junho, em Paris, no encerramento da reunião do Comitê do Patrimônio da Humanidade da UNESCO.

“A área tem sofrido muito com a derrubada ilegal de árvores e as queimadas (de terra) para atividades agrícolas de traficantes de drogas”, explicou o porta-voz do Ministério da Segurança Julio López.

“[Na Reserva da Biosfera], além da principal bacia do Rio Plátano, há as sub-bacias das nascentes dos rios Paulaya e Patuca, usados pelos traficantes para transportar narcóticos”, afirmou o coronel Marco Antonio Leiva Puerto, chefe do C-9

Segundo o Ministério da Segurança, 5,515 toneladas de cocaína foram confiscadas em Honduras em 2010. O total apreendido em 2011 já chega a 4,344 toneladas.

“A maior parte das apreensões [nos dois anos] ocorreu na área do Rio Plátano”, observou López.

Falta de Recursos

Leiva descreve que o comando patrulha diariamente as áreas de terra e as aquavias da área, cobrindo os mais de 5,8 km quadrados da reserva.

“Designamos forças de proteção florestal nas comunidades de Dulce Nombre de Culminí e La Colonia, departamento de Olancho, e em Sico e Palacios, departamento de Colón”, acrescentou.

O Ministério da Segurança também identificou e destruiu diversas pistas de pouso clandestinas usadas por traficantes em Las Champas e Brus Laguna, no departamento de Gracias a Dios.

De acordo com o ministro da segurança, Óscar Álvarez, 212 pequenas aeronaves aterrissaram em pistas clandestinas entre 2009 e 2010, em 80% dos casos na Reserva da Biosfera do Rio Plátano.

Segundo Leiva, em algumas partes da reserva, o terreno plano possibilita a criação de pistas de pouso com certa facilidade.

“[O governo] tem demonstrado a força [de seu compromisso] na luta contra o narcotráfico na região, mas não há, no momento, orçamento disponível para a compra dos equipamentos necessários [para combater os narcotraficantes]”, lamentou.

O C-9 tem 293 homens, estrategicamente distribuídos em 21 divisões. Falta-lhe dinheiro para operações de vigilância, mas Álvarez solicitou ao Congresso a alocação de mais recursos da Polícia Nacional para intensificar o patrulhamento ao longo do Rio Plátano.

Esta reportagem está fechada para comentários e avaliações.

13 de Comentários

  • Matty Suazo | 2012-03-11

    Reconhecemos seu excelente trabalho, se não tem os recursos necessários para realizar seu trabalho como deveria ser. Se faz o que se pode. Sigam adiante.

  • MARIA DEL CARMEN MARTINEZ | 2011-08-31

    JÁ É TEMPO DE APERTAREM BEM OS CINTOS E TRATAREM DE COLOCAR EM PRÁTICA A TAREFA RECOMENDADA QUE LHES É DESIGNADA E DE TOMAREM UMA POSIÇÃO SOBRE O ASSUNTO JÁ QUE NOSSO PAÍS É TÃO LINDO E DEIXAMOS QUE PESSOAS ESTRANGEIRAS ESTRAGUEM A MENTE DE NOSSOS COMPATRIOTAS PONDO-OS EM TRABALHOS QUE PREJUDICAM NOSSA SOCIEDADE E AS RIQUEZAS NATURAIS DE NOSSO PAÍS... AMO MEU PAÍS E ME DÓI QUE DIA A DIA ESTEJAM DESTRUINDO MAIS NOSSOS VALORES DE HONDURENHOS E NÃO VI AGIREM CONTRA OS ESTRANGEIROS QUE PREJUDICAM NOSSA SOCIEDADE E PAÍS... LHES PEÇO MUITA VALENTIA E EXECUTEM BEM SEU TRABALHO E NÃO SE DEIXEM SUBORNAR POR ALGO QUE LAMENTARÃO PELO RESTO DE SUA VIDA.

  • edwin | 2011-08-22

    isso só acontece em Honduras, não fizeram nada para deter esses corruptos que em vez de ajudar as pessoas dessas áreas destroem o meio ambiente, que pena para Honduras, mas de jeito nenhum queremos às vezes levantar a cabeça hondurenhos...te amo Honduras e façam algo para salvá-la

  • Ana | 2011-08-20

    Honduras está numa situação terrível...

  • el peludo | 2011-08-14

    Agora nós vamos de mal a pior porque hoje temos duas forças opostas uma de quadrilhas criminosas e outra de segurança que supostamente disse o estado porque disso não se vê nada porque a corrupção começa desde a polícia. Precisamos de uma limpeza nesse estado começando de Miguelito Carrion para baixo.

  • fredi oliva | 2011-08-14

    mm minha opinião é que cuidem da biosfera do Rio Plátano, pois sem ela não seríamos nada e causaria muitos danos no país então todos devem salvar a biosfera do Rio Plátano....... que é uma riqueza que temos em nosso país Honduras...

  • Somalia Mendes | 2011-08-13

    Se é verdade que em Honduras está havendo corrupção, espero que esse governo solucione isso, embora duvide porque nem no México se pôde controlar a criminalidade, e todos nós temos que nos preocupar porque os problemas de um às vezes afetam todos.

  • paola morales | 2011-08-10

    Gostei do trabalho realizado pelas polícias nacional pois trabalham muito combatendo a violência são muito bons é por isso que são queridos

  • Julieta | 2011-08-08

    E o avião que caiu em San Juan

  • lorena | 2011-08-08

    Honduras está vivendo uma corrupção terrível

  • JOSELUIS LOPEZ CASILIMAS | 2011-08-08

    ESTE CASO NÃO O RECOMENDO A NINGUÉM SÓ QUERO LHES CONTAR A HISTÓRIA DESTA PESSOA QUE MORREU O FILHO DE 2 MESES DE NASCIDO NÃO SE SABE DE QUE MORREU DE UM MOMENTO PARA OUTRO MAS QUERO LHE CONTAR QUE POR CULPA DE NÃO TER DINHEIRO NÃO SE PODE ENTERRAR O MENINO AGRADEÇO À PESSOA QUE COLABORAR COM ESTA FAMÍLIA QUE NÃO TEM DINHEIRO OBRIGADO E SÓ QUERO PÔR ESTE CASO PARA QUE AS OUTRAS PESSOAS PERCEBAM QUE QUE POR NÃO TER DINHEIRO NÃO SE PÔDE ENTERRAR ESTE MENINO. FIM

  • joel | 2011-08-08

    estou tentando um beneficio no inss mas não consigo,pois o perito tem me negado o direito e assim como eu tem varios outros porque vcs não fazem uma reportagem sobre o assunto.

  • haydee | 2011-08-06

    Como destroem o mundo se nele vivem filhos mães e pais deles e inclusive eles mesmos, como não pensam que não vale ter dinheiro se não têm um lugar para viver NÃO DESTRUAM NOSSO MUNDO DEPOIS SERÁ TARDE Pensem nisso