Arrow left
Arrow right

2011-07-01

Programa de Parceria entre Estados da Guarda Nacional dos Estados Unidos

[ISTOCK]

[ISTOCK]

DIÁLOGO/STAFF SGT. EMILY J. RUSSELL/U.S. NATIONAL GUARD

O Programa de Parceria entre Estados da Guarda Nacional dos Estados Unidos (SPP) alia estados americanos com países estrangeiros para estimular e intensificar as relações bilaterais. Em todo o mundo, 62 países estão atualmente correlacionados a 48 estados, dois territórios (Porto Rico e Guam) e à capital norte-americana, Washington D.C. Na América Latina e no Caribe, 15 estados, Porto Rico e Washington D.C. ajudam a ampliar os recursos e o potencial de 20 países parceiros.

O SPP reflete uma missão de relações internacionais em constante evolução para a Guarda Nacional dos EUA, promovendo a estabilidade regional e firmando relacionamentos entre civis e militares. Os estados parceiros participam ativamente de diversas atividades de engajamento, incluindo eventos de familiarização bilateral e treinamento, exercícios e orientação para líderes. Além disso, dentre estas atividades desenvolvidas estão o apoio a outras ações de cooperação em segurança, como o gerenciamento de emergências, resposta a desastres, segurança de fronteiras e portos, liderança e capacitação de oficiais subalternos, recursos médicos e desenvolvimento de potencial para operações de manutenção da paz. Como exemplos desta cooperação, a Guarda Nacional de Novo Hampshire auxilia El Salvador a melhorar seus planos de emergência em caso de desastres, enquanto a Guarda Nacional do Novo México trabalha com a Costa Rica na redução da demanda por drogas, e a Guarda Nacional da Luisiana firmou parceria com Belize, para apoiar os esforços de reconstrução do Haiti.

O Programa de Parcerias entre Estados possibilita à Guarda Nacional determinar e cumprir seu papel como embaixadora da boa vontade em todo o mundo. Os seus membros aplicam suas aptidões militares e civis para reforçar a democracia, estimular o desenvolvimento econômico e promover a cooperação e a estabilidade regionais.

Outros projetos de parceria incluem:

Combate ao tráfico ilícito: Costa Rica: o país centro-americano estima que cerca de 180.000 residentes (de uma população de 4,5 milhões) sejam usuários de drogas, e que cerca de 27 a 50 pessoas morram de overdose por ano. É um país de trânsito para o transporte de cocaína e heroína a partir da América do Sul. A produção ilícita de maconha em regiões remotas e o consumo doméstico de cocaína, particularmente do crack, estão aumentando. A Guarda Nacional do Novo México auxilia a Costa Rica nos esforços para combater as drogas.

Operações de manutenção da paz: Através do SPP, a Guarda Nacional auxilia no treinamento de mais de 3.500 membros parceiros, que contribuem diretamente com as seguintes missões de manutenção da paz das Nações Unidas: MINUSTAH (Haiti), MONUSCO (República do Congo) e UNIFIL (Líbano).

Assistência humanitária: A Guarda Nacional da Luisiana aliou-se à sua parceira, as Forças de Defesa de Belize, para engendrar quatro projetos de engenhariano Haiti, como parte do exercício Novos Horizontes 2010.

Como participar do Programa de Parceria entre Estados: Os países interessados em aderir ao programa podem entrar em contato com o Gabinete do Programa de Parceria entre Estados do Comando Sul dos Estados Unidos, pelo telefone: +001-305-437-3352. Funcionários que falam espanhol e português estão disponíveis para tirar dúvidas.

Os governos que desejem participar devem enviar uma solicitação ao embaixador dos Estados Unidos em seus países. A partir daí, a conclusão do processo normalmente demora entre sete meses e um ano.

Você gostou deste artigo?

84Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório