2010-07-01

VANT diminuem riscos, salvam vidas

[CAPITÃO ARLINDO BASTOS DE MIRANDA NETO/ POLÍCIA MILITAR DA BAHIA, BRASIL]

[CAPITÃO ARLINDO BASTOS DE MIRANDA NETO/ POLÍCIA MILITAR DA BAHIA, BRASIL]

CAPITÃO ARLINDO BASTOS DE MIRANDA NETO/ POLÍCIA MILITAR DA BAHIA, BRASIL

Os VANT (Veículos Aéreos Não Tripulados) são aeronaves capazes de executar atividades de apoio aéreo ostensivo, sem que seja necessária a exposição de vidas humanas. Militarmente falando, a importância estratégica desse tipo de equipamento cresce em cenários onde determinada força não é capaz de obter superioridade aérea, evitando-se, assim, a exposição de seus pilotos ao perigo de fogo inimigo. O termo VANT é conhecido mundialmente pela sigla UAV. Os VANT são também conhecidos pela denominação 3D, referência às missões que são “dull, dangerous, and dirty” (enfadonhas, perigosas e sujas).

O termo engloba uma gama variada de aeronaves que podem ser controladas remotamente ou voar segundo planos de voo pré-programados. O conceito de Veículo Aéreo Não Tripulado foi utilizado pela primeira vez durante um ataque do exército da Áustria à cidade italiana de Veneza, em 1849. Naquela ocasião, balões foram carregados com explosivos e lançados do navio austríaco Vulcano, com o intuito de se precipitarem sobre a cidade e, em seguida, explodir sua carga.

More recently, technological developments have resulted in new forms of UAVs that are more versatile, lethal and autonomous, such as the American RQ-4A Global Hawk UAV.

A técnica também foi usada pelos exércitos do Sul e do Norte durante a Guerra Civil Americana (1861-1865) e na Primeira Guerra Mundial (1914-1918). As primeiras aeronaves não pilotadas foram desenvolvidas logo após a Primeira Guerra Mundial. Eram destinadas, inicialmente, como torpedos aéreos ou, na concepção atual, como mísseis de cruzeiro.

Mais recentemente, o desenvolvimento tecnológico permitiu o surgimento de novas formas de VANT, que são mais versáteis, letais e com maior autonomia, como o VANT americano RQ-4A Global Hawk.

Você gostou deste artigo?

154Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório

3 de Comentários

  • yomesmo | 2011-05-05

    Isabel, por que é a tecnologia usada para a guerra mais lucrativa do que a utilizada para ajuda humanitária?

  • Isabel | 2011-01-17

    Se isso fosse usado para fins lucrativos ou de emergência, por exemplo; o envio de alimentos às zonas de conflito, para educar ou para enviar medicamentos para áreas de desastre. Porque é que o avanço da tecnologia é utilizado para a destruição da humanidade, ao invés de representar um passo em frente é um passo para trás.

  • Bastos | 2010-11-26

    Matéria muito interessante! Espero que chegua à Bahia.

Fri Apr 18 00:18:53 2014

Pesquisa de Opinião

Você acha que o crime organizado é uma ameaça à estabilidade em seu país?

Ver resultados