2012-08-06

Acontecem em São Paulo os Encontros Nacional e Sul-Americano de Defesa

A rede de energia elétrica do norte e do nordeste da Índia foi interrompida em 31 de julho de 2012. (Foto: AFP/Deshakalyan Chowdhury)

A rede de energia elétrica do norte e do nordeste da Índia foi interrompida em 31 de julho de 2012. (Foto: AFP/Deshakalyan Chowdhury)

Major Francisco Nixon Lopes Frota

O ministro da Defesa do Brasil, Celso Amorim, realiza no dia 06 de agosto a conferência de abertura do VI Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa (ABED) e do I Encontro Sul-Americano de Defesa.

Os eventos ocorrem em São Paulo, de 6 a 9 de agosto, no Hotel Braston, e têm como tema central o “Pensamento Brasileiro em Defesa”. A programação inclui conferências, mesas redondas, simpósios temáticos, minicursos e painéis de iniciação científica, totalizando mais de 250 apresentações de trabalhos acadêmicos.

Um dos trabalhos a ser apresentado é o do Major Nixon Frota, mestrando em Defesa pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) e especialista em análises e operações de inteligência e contra-inteligência, com o qual propõe a inclusão do setor elétrico nas questões de segurança e defesa da América do Sul, tornando-o num dos focos centrais de uma precursora estratégia de segurança e defesa regional.

Segundo Nixon, o processo de integração econômica da América do Sul tem um grande potencial de desenvolvimento a partir do vetor infraestrutura físicas, das quais se destaca o setor elétrico. Diante das ameaças e riscos da atualidade, transforma-se em estrutura estratégica, pois a sua interrupção ou destruição, seja parcial ou total, afeta diretamente setores econômicos, sociais, políticos, militares, ou seja, causando uma infinidade de prejuízos e reflexos negativos.

Um exemplo desse valor estratégico do setor elétrico não apenas na América do Sul, mas em todo o mundo, é o recente blecaute na Índia de uma magnitude sem precedentes, que atingiu metade do país de 1,2 bilhão de habitantes, após o colapso de três redes de distribuição de energia, que deixou sem energia elétrica cerca de 20 estados do norte e nordeste.

Nos anos de 2005, 2007 e 2009, o Brasil também vivenciou grandes apagões elétricos que afetaram milhões de brasileiros. No blecaute de 2009, devido a um inédito desligamento total da usina hidroelétrica de Itaipu Binacional, 18 estados brasileiros ficaram totalmente ou parcialmente sem energia, sendo a região Sudeste a mais afetada. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo ficaram totalmente sem luz.

Você gostou deste artigo?

34Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório

Fri Apr 18 00:18:53 2014

Pesquisa de Opinião

Você acha que o crime organizado é uma ameaça à estabilidade em seu país?

Ver resultados