2012-07-16

Narcotraficante colombiano preso em festa de casamento

Festa de arromba: convidados comemoram o casamento do traficante de drogas Camilo Torres, vulgo “Fritanga”, em 1º de julho, em uma ilha colombiana no Caribe. [Foto/Revista Semana]

Festa de arromba: convidados comemoram o casamento do traficante de drogas Camilo Torres, vulgo “Fritanga”, em 1º de julho, em uma ilha colombiana no Caribe. [Foto/Revista Semana]

Por John Otis

BOGOTÁ, Colômbia – Aprendendo com os erros do audacioso Pablo Escobar, os contrabandistas de drogas colombianos dos dias de hoje preferem manter a discrição: jeans Levi’s em vez de ternos Armani, carros Toyota em vez de Ferraris, voos comerciais em vez de jatos particulares.

Mas Camilo Torres, procurado nos Estados Unidos por tráfico de drogas, quebrou todas as regras.

Em 1º de julho, a polícia colombiana invadiu uma festa extravagante que já durava uma semana em um hotel de luxo em uma ilha caribenha, que contava com diversas bandas, astros de novelas, modelos e prostitutas entre os 200 convidados. O anfitrião era Torres, um membro de alto escalão da organização de tráfico de drogas Los Urabeños.

Torres, de 37 anos, acabara de se casar e dançava com a noiva quando os policiais acabaram com a festa, que já estava em sua sexta noite, e prendeu o noivo. Os convidados de Torres estavam tão embriagados que nem perceberam que se tratava de uma operação policial de verdade.

“Foi a coisa mais esquisita que vi em 10 anos de perseguição a traficantes”, disse um policial à revista Semana, de Bogotá. “Embora estivéssemos armados e uniformizados, as pessoas aplaudiam. Elas acharam que estávamos fantasiados e fazíamos parte do espetáculo.”

Algumas fotos da festa mostram Torres cantando com rappers. Em outras, a explosão de fogos de artifício e semicelebridades colombianas posando perto de letras em rosa formando a palavra “LOVE”.

‘Ilha da Fantasia’ traz de volta lembranças do cartel de Medellín

A festa aconteceu no Hotel Punta Faro, na ilha de Múcura, que fica no Golfo de Morosquillo, onde a diária custa entre 300 e 700 dólares (600 e 1.400 reais). A mídia local apelidou o atol tropical de “Ilha da Fantasia”.

As notícias e fotos da comemoração causaram furor na Colômbia, em parte por relembrar os dias em que os cartéis de Medellín e Cali comandavam o submundo da cocaína e exibiam sua opulência.

Descrevendo a época em “Matando Pablo” — um livro sobre Pablo Escobar e o cartel de Medellín — Mark Bowden escreveu que os barões da cocaína tinham mansões, limusines, carros de corrida, helicópteros e aviões particulares, roupas finas e obras de arte caríssimas. “Era uma vida de luxo jamais vista na Colômbia”, detalhou.

Em 1979, por exemplo, Escobar comprou uma fazenda de 3.000 hectares, batizando-a de Hacienda Nápoles. O barão das drogas construiu um aeroporto, um heliporto, seis piscinas e lagos artificiais no local e o encheu com animais exóticos, incluindo elefantes, búfalos, leões, rinocerontes, gazelas, zebras, hipopótamos, camelos e avestruzes.

“A mansão tinha todos os brinquedos e extravagâncias que o dinheiro pode comprar”, escreveu Bowden. “Pablo podia hospedar centenas de convidados por noite… Logo na entrada, havia um sedã da década de 1930 com marcas de tiros que Pablo afirmava ter pertencido ao casal de criminosos Bonnie e Clyde. Nápoles misturava o erótico, o exótico e o extravagante de maneira ultrajante.”

Hoje em dia, os traficantes de drogas preferem a discrição

Mas, com um padrão de vida elevado e fazendo uso da violência extrema para manter a riqueza e o poder, Escobar acabou se tornando um alvo fácil para as autoridades colombianas e americanas, e também para os traficantes rivais. Desde a derrocada dos cartéis de Medellín e Cali nos anos 90, os chefões de drogas que o sucederam procuram levar um estilo de vida discreto.

Isso, em parte, deve-se ao fato de terem perdido a influência. Na última década, as organizações colombianas foram desbancadas pelos cartéis mexicanos, que passaram a dominar as rotas de distribuição de drogas para os Estados Unidos, a parte mais lucrativa do negócio. Como consequência, há menos dinheiro das drogas circulando na economia colombiana.

Alejandro Gaviria, reitor do departamento de economia da Universidade dos Andes, de Bogotá, calcula que o comércio de drogas ilegais responde por 2,5% do produto interno bruto colombiano, em comparação aos 4% da época do domínio dos cartéis de Medellín e Cali.

Mas, além da lógica econômica, manter a discrição é mais seguro e, geralmente, mais eficaz. Em vez de matar funcionários públicos, por exemplo, os traficantes preferem suborná-los. Em vez de mansões, alguns moram em bairros de classe média, pegam táxi e são praticamente desconhecidos do público colombiano ou até dos agentes antidrogas.

É por isso que Torres, conhecido pelo caprichoso pseudônimo de Fritanga (Fritada), parece uma anomalia.

“Ele era um traficante experiente”, diz um investigador de polícia. “Daí a surpresa por ele ter cometido o erro grosseiro de dar uma festa típica dos famosos barões das drogas – algo que não vemos desde a década de 1980. Se não fosse pela festa, talvez não o tivéssemos capturado.”

'Fritanga' pode ser extraditado para os Estados Unidos

Embora não fosse um líder de cartel, Torres era um membro importante do Los Urabeños, uma gangue criminosa que controla muitas rotas de tráfico de cocaína no norte da Colômbia. Autoridades do país alegam que o papel de Torres era ajudar a levar as drogas à América Central, em parte obtendo informações de navegação da marinha colombiana para que as embarcações carregadas de cocaína pudessem evitar incursões.

Em 2008, Torres foi preso por acusações relacionadas a drogas, mas foi solto depois. Então, ele sumiu do radar das autoridades colombianas ao forjar a própria morte em 2010, convencendo um funcionário do governo a falsificar seu atestado de óbito.

Outro sinal de sua importância é que sete cidadãos americanos, incluindo cinco de Porto Rico — uma escala importante dos carregamentos de cocaína provenientes da Colômbia com destino aos Estados Unidos — foram detidos temporariamente na festa.

“A presença de estrangeiros no casamento pode ser mais um indicador do status de Fritanga na rede de negócios do Los Urabeños”, constata uma análise publicada pelo grupo de reflexão colombiano Insight Crime. “Já existem alguns sinais de que Fritanga exercia uma influência significativa sobre as autoridades colombianas: ele conseguiu obter um atestado de óbito falso, constando o reconhecimento cartorial e médico, em 2010.”

Após a prisão, Torres deverá ser extraditado aos Estados Unidos sob acusação de transportar cocaína para o território americano via América Central e México. Enquanto era levado algemado, Torres — que teria gasto US$ 1,4 milhão (R$ 2,8 milhões) no casamento — parecia tranquilo e gritou aos convidados: “Serei seu amigo eternamente”.

Você gostou deste artigo?

100Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório

71 de Comentários

  • yudi | 2012-10-20

    sempre gostei da ideia de sair com gente que está envolvida com o mundo dos narcotraficantes mas até agora não consegui pegar um hahaha gosto destas histórias porq nem tudo sempre termina mal

  • Alejandro | 2012-10-17

    Os loucos estão sem freio; vivem a mil por q sabem que durarão pouco. Se não são presos, a polícia os mata ou algum de seus colegas que queira seu lugar.

  • jesus ñaupa justo | 2012-10-12

    UM ERRO FATAL DA PARTE DE UMA PESSOA QUE PENSOU QUE SABIA TUDO, MOSTRAR OPULÊNCIA FOI SEU FIM, BOA SORTE FRITANGA.

  • julio | 2012-10-08

    que chato

  • Manuel de Jesus Menjivar | 2012-10-06

    O que é fácil não perdura, viver uma vida dessa forma como o senhor Torres é viver em uma prisão permanente e, como nada é eterno, agora estará vivendo o que ele criou para si.

  • Jairo pombo | 2012-10-05

    Olá meus pais são colombianos vivo na Venezuela, mas acredito que foram os únicos decentes que vieram me dá vergonha dizer que sou de origem colombiana, além de serem parasitas, os colombianos vieram para cá para cometer crimes, vender drogas, sequestrar, trazer paramilitares para o meu país, o presidente reúne-se com um candidato vinculado a organizações do submundo e como troféu ele mostra o boné. POR isso compreendo a decisão de meus pais de dar para mim o melhor lugar para viver.

  • jam | 2012-10-05

    é uma espantosa soma de dinheiro senhores, aqueles que querem se danar que se danem e os que não, não, porém que se legalize de uma vez essa porcaria de drogas e verão que toda essa droga ficaria barata e os traficantes até poderiam quebrar, já que deixaria de ser importante... viva a vida que é única

  • Alejandro Rivera Soto | 2012-10-05

    O que se planta é o que se colhe, são leis inquebrantáveis....

  • arisleydi eunice | 2012-10-04

    Q disparate de página não gosto de nada

  • Rolando | 2012-10-03

    Bom, as pessoas deixam-se levar por lendas e creem nelas cegamente. O certo é que o crime não compensa e as drogas destroem os jovens, lares e famílias inteiras. Ouvi um comediante dizer o seguinte sobre a droga: “É uma porcaria, mas tem um gosto tãããão bom”. Enfim, cada um pode fazer o que quer com sua vida e como disse uma mãe a seu filho homossexual “faça o que bem quiser com seu rabo” ...plop...!

  • penelope | 2012-10-03

    o melhor do humor

  • JUAN AHUMADA MANTILLA | 2012-10-01

    Que bom para os narcotraficantes eles são o futuro do mundo, dominaram todas as esferas da economia e política tal como vêm fazendo.

  • Francis | 2012-09-28

    A despeito de todos os comentários, considero que o senhor Camilo Torres deveria ser julgado em seu País. sou contra a extradição. E considero que a maior riqueza que devemos apreciar é a saúde e a liberdade o resto é consequência.

  • jesus Arias | 2012-09-22

    CONSIDERO QUE A VIDA DE FANTASIA DOS NARCOTRAFICANTES SEMPRE TEM UM FIM FATAL, PREFIRO VIVER UMA VIDA COM LIMITAÇÕES E COM UM TRABALHO HONESTO PORÉM SEM A INCERTEZA COM QUE SE VIVE NESSE SUBMUNDO.

  • KATHERIN | 2012-09-19

    OLÁ VIVO EM HONDURAS O NARCOTRÁFICO É UM DOS MELHORES TRABALHOS Q EXISTEM CREIO QUE AS PESSOAS Q O FAZEM O FAZEM PQ QUEREM A DROGA NUNCA VAI ACABAR

  • bernan bayoria | 2012-09-19

    aqui no Peru se vê que os colombianos que vêm para cá são narcotraficantes, delinquentes, prostitutas, assassinos, ninguém se salva

  • gladis | 2012-09-19

    neste momento os habitantes da terra não devemos votar x governantes que não sejam cristãos já que eles são os primeiros a participar de tanta bandalheira e se vocês não acreditam no que lhes digo vejam Amolonga procurem x YouTube pois esse município era o pior até chegar um governante cristão e vejam como mudou, é o temor a DEUS Q FAZ MUDAR OS HOMENS PQ O DINHEIRO OS FAZ ADOECER.

  • loli perez | 2012-09-18

    definitivamente é uma lástima que existam pessoas com grande inteligência no mau caminho acreditando que estão lá em cima quando na verdade estão construindo seu próprio inferno....!

  • fernando | 2012-09-18

    NÃO EXISTE CRIME PERFEITO.CEDO ou TARDE e SEMPRE POR SUA TOLICE, OS QUE SÃO PROCURADOS PELOS ESTADOS UNIDOS CAEM. E SE HÁ CRIME PERFEITO POR QUE OS INTEGRANTES MAFIOSOS NÃO O EXECUTAM?

  • alberto | 2012-09-14

    e no Uruguai, como estamos com os narcotraficantes?? ninguém fala sobre o assunto, eh ???

  • damaso | 2012-09-12

    a situação é que o narcotráfico é a indústria mais poderosa que existe no mundo e na qual estão envolvidos desde grandes financistas até o mais humilde dos homens, a torrente incalculável de dinheiro que é suprida pelos milhões de consumidores norte-americanos e que serve de sustento a milhares de homens envolvidos nesse negócio, a famosa luta antidrogas apenas se utiliza, como nesse caso, para desfazer-se daqueles que como o Fritanga pecam pela ostentação, hoje em dia o negócio é mais sofisticado, para os latinos o grave é que o consumo está aumentando em nossa juventude em todas as camadas sociais.

  • luis | 2012-09-12

    Nada estranho virtualmente o traficante um pobre milionário corriqueiro assim como se diz faça o melhor que puder não há outra maneira

  • ronald | 2012-09-11

    deveriam pensar em fazer um bem social a todos os mais pobres como na Europa?? bem desfrutem

  • Rafael Juepa | 2012-09-06

    não sou um narcotraficante porque fui aluno do colégio e estudei por 3 anos mas eu recebi sua mensagem esta noite. Obrigado.

  • gerard | 2012-09-06

    A situação MUNDIAL atual é o reflexo da perda de valores a que chegamos, tanto que dia a dia nos DESUMANIZAMOS até o ponto de sermos incapazes de ver além de nossos narizes, e colocamos em perigo nossa DESCENDÊNCIA, porque para ninguém é um SEGREDO O MUNDO QUE DEIXAMOS DE HERANÇA a nossos netos, é muito SOMBRIO, não somente pela falta de RECURSOS materiais mas também pela desnaturalização EMOCIONAL, COMPORTAMENTAL, PSICOLÓGICA que se reflete significativamente em todos os papéis do ser humano sem dignidade, materialista, oportunista, interesseiro, avarento, sem carinho natural, traiçoeiros, teimosos, caluniadores enfim, apartados da fonte DIVINA. E POR FIM recebendo todas as consequências de tão absurda decisão ; isto é, perder as graças e as bênçãos de nosso DEUS É sinônimo de: VIOLÊNCIA, SUICÍDIOS, GUERRAS, PERDA DA FAMÍLIA etc.

  • miguel angel chinchilla | 2012-09-06

    todo mundo fala dos narcotraficantes, pois bem eles ajudam pessoas pobres, não como os ladrões que os governam ou os países que são uns ladrões, com a constituição de cada país que os apoia a guardar grandes quantidades de dinheiro, e sem ninguém que lhes diga nada nem os condene por esse enriquecimento ilícito, digam-me quem anda atrás deles ninguém. os colombianos são uns caras legais.

  • gabriela | 2012-09-05

    por que não ocorre algo igual com os narcotraficantes

  • martin sandoval sandonval | 2012-08-29

    a vida com o narcotráfico é um VAIVÉM..... hahahahahahaha…....!!!!!!!!!!

  • Rónald Vidal | 2012-08-27

    ENTÃO VAI O CÂNTARO DE ÁGUA QUE É DEIXADO SEM ABAS’ Que segredos este miserável Fritanga Torres não terá escondido, como pôde acumular tanta fortuna, estão incluídos nesta roleta de morte Juízes, Fiscais, Militares, Policiais, políticos etc.etc. algo parecido com o ocorrido no Peru com a captura de Valdes Villacorta “ “o Prefeito do Narcotráfico” ”, Mosca Loca, que sofreu lavagem cerebral por Montesinos-Fujimori; isto é, estamos em um mundo envolto em m’........ Um Barco à Deriva que navega para o abismo. A quem interessa que o custo da coca eleve-se a preços astronômicos?. Ref; Essas “Capturas Seletivas” só buscam criar uma matriz de eficiência no ataque aos cartéis. O certo é que a droga na Colômbia já é um negócio institucional, a partir da guerra dos cartéis nos anos 90 o negócio foi migrando para governantes, empresários e banqueiros; que foi a esses lugares e 86% dos narcotraficantes procedem e habitam os EUA e Europa Ocidental. A coca destes 406 mil hectares é processada na Colômbia por indústrias formais e custeadas por AUC, em um momento, e logo por BaCrims e militares norte-americanos assentados nas 7 bases militares dos EUA na Colômbia. São enfrentados por seus rivais de menor valia na produção.... É A TRISTE E CRUEL REALIDADE QUE ESTÁ TRAZENDO DEBOCHE E NEOLIBERTINagem.

  • jose reyes | 2012-08-26

    O problema não é capturá-los, mas fazer com que se convertam em cidadãos com valores e que os verdadeiros responsáveis por este flagelo sejam castigados. Refiro-me aos que fazem invasões e derrubam governos, assassinam governantes e povos inteiros às custas do desprezo dos direitos humanos

  • al | 2012-08-25

    Esta é uma boa notícia mas sem importância pois, embora eles capturem um, existem milhares nesse mesmo vaivém e sabem que cedo ou tarde a justiça será feita, pois tudo isso é causado pelos consumidores e jamais terminará, já que esse tipo de negócio é muito lucrativo e os delinquentes veem como uma forma de melhor serem pagos por suas práticas como delinquentes, e isso inclusive chama a atenção de pessoas com certo grau de escolaridade e não são somente os colombianos que o fazem mas também isso está generalizado em nível mundial claro que eles foram os pioneiros, há conosco colombianos muito nobres que sabem ganhar a vida como todo mundo faz mas lamentavelmente existem compatriotas que tiram essa dignidade dos outros.

  • pablo | 2012-08-24

    Que pena pelo Fritanga pois ele é não é nada mais que um negociante, o verdadeiro delinquente é quem está de uniforme (de polícia) ou os fiscais, juízes e advogados que ele subornou para chegar a ser um barão das drogas. Saudações a todo colombiano que é boa gente.

  • werlinton | 2012-08-23

    além do mais, senhores, não é dinheiro do Estado, nem do povo nem de nenhum funcionário, eles conseguem viver melhor que alguns, mas quem diz algo sobre a corrupção que existe em nosso país, uma corrupção na qual estão envolvidas as mais altas autoridades, perguntemos apenas quanto ganha um congressista quem não quer ganhar esse dinheiro alto e desproporcional, ganham um bom salário porém nada fazem pelos pobres do país eles estão felizes e já há alguns que adoram ser congressistas e querem se reeleger porque estão muito bem providos, enquanto um pobre ou quem ganha um salário mínimo não consegue sequer pagar as despesas familiares, por isso eles traficam drogas, bom para eles.

  • ruben vasquez | 2012-08-22

    olá sou Rubem Vasquez da República Dominicana: em primeiro lugar, meu respeito aos colombianos de quem gosto muito da forma de falar e suas mulheres lindíssimas agora bem penso que como em toda sociedade ou países existem pessoas que não fazem o que é certo e nesse caso devem pagar pelo que fazem. conheço colombianos que honram seu país e seu povo com trabalhos dignos.

  • danilo | 2012-08-21

    muito boa

  • EVERSON | 2012-08-21

    O MELHOR JOGO DO MUNDO

  • ana | 2012-08-21

    Senhores, o narcotráfico sempre vai existir enquanto não se legalizar a venda de droga, isso é deixar quem quiser destruir sua vida com a droga, porém não culpem o povo colombiano que tem necessidades como todos no mundo, nosso povo segue em frente e trabalha para viver melhor!!!!, por que não denunciam os gringos da DEA e seu governo que não lhes convém legalizá-la, pois......eles gostam de consumi-la e sem ela NÃO EXISTIRIAM NÃO TERIAM ORÇAMENTO PARA SEU TRABALHINHO, IRIAM PARA CASA COZINHAR HAMBÚRGUERES E COMIDA BARATA. Eles formam parte dessa cadeia e a mais grossa e dura de QUEBRAR, SENHORES, Saudações à minha Colômbia querida da qual estou longe....

  • Alejandro | 2012-08-19

    Sou Alejandro, em meu país Bolívia Santa Cruz de la Sierra vivem muitos colombianos, e todo tempo são participantes de atos criminosos como o narcotráfico, espero que recebam seu castigo pelo que fazem aqui. Não sou uma pessoa que discrimina os estrangeiros simplesmente uma coisa é virem aqui para trabalhar e outra coisa muito distinta é cometerem delitos. Saúdo o valoroso povo da Colômbia

  • rafael rodriguez | 2012-08-16

    Fritanga, eventualmente, não é um problema...........os políticos ladrões... os salários dos pais da pátria que são exagerados, os roubos de nossos funcionários do governo que pagamos com nossos impostos e nos roubam por sermos tontos de eleger e colocar um bando de ladrões, a propina paralela e o desperdício do governo Uribe e de muitos outros que creem que Fritanga é importante é uma cortina para dissimular

  • sarcofago | 2012-08-16

    O QUE OCORRE EM HONDURAS É POLÍTICOS+MILITARES+EMPRESÁRIOS=NARCOTRÁFICO

  • MARIA BELEN | 2012-08-12

    sou MARÍA BELEN e em meu país, Argentina, vivem muitos estrangeiros, entre eles colombianos, há pouco tempo 17 pessoas conhecidas como “a gangue dos colombianos” foram presas, espero que recebam seu castigo pelo que fizeram aqui. Não sou uma pessoa que discrimina os estrangeiros, simplesmente vir para cá para trabalhar é uma coisa, e cometer delitos é outra coisa muito diferente. Saúdo o povo da Colômbia.

  • Martín | 2012-08-11

    Incrível: que os extraditem, por cuidar dos trocados dos americanos, a DEA, sem cuidar do povo de seu país.

  • Valerio | 2012-08-09

    Que boa notícia, como não ocorre o mesmo na Bolívia, onde a produção de matéria-prima como a coca já foi institucionalizada e o crime está sendo encoberto pelos boiolas Linera, Quintana e Evo. Como não capturam o macaco Carlos Brú, prefeito de Yacuiba que, além de ser um narcotraficante protegido pelo Estado Plurinacional, está roubando todo o dinheiro das regalias que o TGN paga pela exploração do hidrocarboneto. Espero que a Corte Internacional de Haia, que tem todo o poder para formar uma equipe de investigadores e acabar com a corrupção em todo o mundo, intervenha nesse assunto de traficantes. Creio que é hora de agir, simplesmente há falta de vontade de quem queira deixar uma sociedade saneada para que nossos filhos vivam tranquilos no futuro.

  • FELIX ROLANDO | 2012-08-08

    Na Bolívia o narcotráfico é o dono do poder.

  • DANNY DANIEL | 2012-08-07

    Os Narcotraficantes existem porque são parte da sociedade corrupta, em que se encontram envolvidos políticos, militares, policiais e funcionários de todos os níveis que sabem de suas atividades ilícitas, porém quando a notícia tem que ser um psicossocial para tapar outros escândalos do governo, criaram o FRITANGA.

  • keiko | 2012-08-06

    Deus não permita que surjam mais Pablos na maltratada Colômbia.... dos anos 80 ... horror dos horrores ... Fritanga saiu do curral... porque sua cultura é assim ... ele quebrou o padrão e sua classe baixa emergiu ... existem vagabundas e vagabundos para tudo ... mas há limites na vida

  • sirena | 2012-08-06

    CELEBREMOS AGORA POR MUITOS ANOS NA PRISÃO, QUE BOM SE ELE E TODOS OS QUE SE DEDICAM A ISTO FOSSEM CAPTURADOS E CASTIGADOS

  • MÁXIMO ALFAU | 2012-08-06

    O SENHOR CAMILO TORRES “FRITANGA” ESQUECEU QUE A OSTENTAÇÃO DE RIQUEZA MAL ADQUIRIDA DESPERTA RESSENTIMENTO, INVEJA E SUSPEITAS. DIFERENTEMENTE DO AMIGO PEDRO PABLO ACHO QUE ELE É UM “BURRO”!!!!

  • Jorge Varsa Suarez | 2012-08-05

    Definitivamente a Ignorância atropela boa parte de nosso portal: 1º, fazem um grande alarde sobre o narcotráfico. 2º não se importam com coisas verdadeiramente Importantes para o Povo Colombiano, como as necessidades básicas não cobertas pelo Governo e sua corruptela. 3º deixam de lado Nosso problema de consumo em nossa juventude, é o que verdadeiramente importa. Por favor Comentaristas conscientizem-se, Amadureçam Condenem coerentemente, se os Gringos são Felizes cheirando que continuem a fazê-lo. Podemos ajudar em alguma coisa, mas não podemos nos desesperar por um problema de TRÁFICO E CONSUMO em um País que não é o nosso esse problema é dos Gringos e não nosso, entendam, não nos deixemos ser incluídos pelos noticiários e pela mídia que especulam com isso.

  • Frank Choi | 2012-08-04

    Essas “Capturas Seletivas” só buscam criar uma matriz de eficiência no ataque aos cartéis. O certo é que a droga na Colômbia já é um negócio institucional, a partir da guerra dos cartéis dos anos 90, o negócio foi migrando para os governantes, empresários e banqueiros que, por sua vez, foram corporatizando o negócio com seus sócios gringos. Tanto assim que o governo colombiano hoje declara a existência de 406 mil hectares de coca (na realidade é mais) regidos e administrados pelos supernarcotraficantes corporativos residentes nos EUA e na Europa. 72% do dinheiro do narcotráfico vai para esses lugares e 86% dos traficantes de drogas são originários e habitantes dos EUA e da Europa Ocidental. A coca desses 406 mil hectares é processada na Colômbia em indústrias formais e custeadas por AUC, em um primeiro momento, e depois por BaCrims e militares norte-americanos assentados nas 7 bases militares dos EUA na Colômbia. Enfrentados por seus rivais de menor valia na produção: um sem-número de pequenas organizações e as próprias FARC. Essa é a realidade da luta colombiana contra a droga guiada pelas mãos dos senhores do narcotráfico mundial (setores militares e econômicos dos EUA com grandes lobbies na Casa Branca) e de atuações policiais, como a aqui mencionada. A tragédia tornou-se ainda maior, quando o negócio passou dos “narcotraficantes simples” para corporações-midiáticas-financeiras-militares norte-americanas. A cocaína hoje representa uma formidável ferramenta de capitalização, por sua vez, muito útil para os interesses hegemônicos do setor mais obscuro da humanidade. Outro claro exemplo disso está focado no Afeganistão e no aumento da produção de heroína desde a invasão dos EUA. E como dado histórico há o caso dos Irã-Contras e os narcovoos militares do Vietnã até os EUA.

  • yari | 2012-08-04

    bem, isso é o que fazem as pessoas que sonham ter tudo desde crianças, isso é o que a pobreza faz, cada cabeça é um mundo, cada um pode fazer o que quiser com sua vida

  • pablo | 2012-08-01

    são uns tontos, rá rá

  • claudia fonseca | 2012-08-01

    Se o seu filho era o piloto do avião, seria melhor se tivesse morrido, pois a vergonha para a família e a culpa de ser um traficante. Um rapaz de classe média, com condições para ter uma carreira honesta e mesmo assim se envolve no mundo da criminalidade.

  • elizabeth | 2012-08-01

    as pessoas estão bem loucas

  • Ubaldo Solis | 2012-07-31

    O desejo de fama das pessoas que vivem na corda bamba é muito alto, e com seus cérebros nublados acham que tudo dará certo, pois o grupo que as rodeia com adulações as faz crer que elas são semideuses e isso é fatal, por isso cometem erros que as levam para trás das grades

  • Mamerto Alà V. | 2012-07-31

    Que boa notícia, seria muito interessante que em nosso país ocorresse o mesmo e também que a Polícia antidrogas pudesse identificar os verdadeiros narcotraficantes e defensores deste mal.

  • marihuanol | 2012-07-29

    está preso hoje por cultivar maconha... está preso........

  • PEDROPABLOPINEDA | 2012-07-29

    ESTE FRITANGA É UM COMPLETO IDIOTA

  • monica carle | 2012-07-27

    ...e depois nos queixamos quando nos tratam como república das bananas... com este gasto estúpido e com povos famintos... é imoral... tanta corrupção em todos os níveis ofende a humanidade...

  • sergio tarqui | 2012-07-27

    Esta ação policial contra o narcotráfico muito nos alegra pois o dano que ele gera à humanidade é tremendamente criminoso, maior ainda que às nações de onde provém. Na Bolívia esse mal é incentivado pelo poder estatal e esperamos que cedo ou tarde a justiça o irá abater. Imaginemos como o chefe de estado Don Evo Morales negocia com Jaime Paz Zamora ex-presidente boliviano e os grandes atores beneficiários do narcotráfico na Bolívia.

  • sergio tarqui | 2012-07-27

    É incrível esta ação policial, o que muito nos alegra pois o narcotráfico converteu-se no mais asqueroso negócio dos medíocres e psicopatas, que não veem o dano que causam à humanidade, mais ainda que às suas nações de origem. Na Bolívia, estamos acabando com este mal, diariamente vemos como este vício da cocaína é fomentado desde o poder estatal, que certamente cedo ou tarde a justiça irá abater. Esperemos somente que Evo Morales, Linera, Juan Ramon de la Quintana etc. sejam aqueles que pagarão por esse tremendo dano à nossa nação boliviana, pois ao mesmo tempo o chefe de estado já está negociando com os Miristas de Jaime Paz Zamora, ex-presidente boliviano, e os grandes atores beneficiários do narcotráfico na Bolívia.

  • Roberto | 2012-07-26

    Interessante, mas não incomum, já que conhecemos os personagens que vivem faustosamente, com jatinhos particulares, mansões na praia e San José, Costa Rica, em Manágua, Nicarágua, carros, iates etc e somente um Presidente do Poder Eleitoral da Nicarágua, com salário mensal de US$ 5.000.

  • ALAN | 2012-07-26

    QUE BOM

  • DANIEL ANGULO ESPINOZA | 2012-07-24

    Esta notícia parece interessante pois me permitiu conhecer o perfil que certos narcotraficantes estão mantendo na Colômbia.

  • MÃE BRASILEIRA DESESPERADA | 2012-07-24

    Estou buscando saber se meu filho brasileiro Renato Bender é o co piloto que sobreviveu a queda de avião em 03/07/2012 e está preso, por favor me ajudem como posso enviar uma foto para vocês ? Deus abençõe você que está lendo aguardo notícias em meu email.

  • PALACIOS PALACIOS VICTOR RAUL | 2012-07-23

    MUITO BOA ESTA CAPTURA ESPERO QUE O RESTO DESSES MISERÁVEIS SEJA CAPTURADO

  • Guatemala | 2012-07-22

    todo o dinheiro que se gasta deveria ser doado às pessoas que padecem de câncer muitas vidas poderiam ser salvas porque eu acho que a vida dele já não tem remédio.

  • Guatemala | 2012-07-22

    todo o dinheiro que se gasta deveria ser doado às pessoas que padecem de câncer muitas vidas poderiam ser salvas porque eu acho que a vida dele já não tem remédio.

  • jesus | 2012-07-22

    Enquanto os gringos americanos permanecerem na Colômbia disfarçados de “guerrilheiros” jamais acabará a produção de drogas, que é para o benefício deles às custas de se desprestigiar a cidadania colombiana A grande hipocrisia é dizer que eles estão lutando contra o narcotráfico A batalha é desigual: HONESTOS x o império

  • PEDRO NAVARRO | 2012-07-22

    BOM DIA! Neste texto, existe uma parte, que, Pablo Escobar fez, e ele existe mesmo, por quê? leia as histórias que têm sido escritas sobre esse personagem, que desde cedo sempre foi muito inteligente, e como é possível que se tenha escrito, que com sua fortuna ele pagava a dívida da Colômbia, Pablo Escobar G. é o homem mais inteligente e ninguém tem ideia disso. e sei sobre ele porque li a seu respeito. Essas são mentiras do diabo de que ele está morto.

  • johnny santana | 2012-07-21

    por que não acontece o mesmo com os narcotraficantes.

Fri Apr 18 00:18:53 2014

Pesquisa de Opinião

Você acha que o crime organizado é uma ameaça à estabilidade em seu país?

Ver resultados