2012-07-02

SOUTHCOM homenageia oficial de ligação da parceira Colômbia

O Coronel José Alejandro Forero (direita) serviu como um dos Oficiais de Ligação das Nações Parceiras do SOUTHCOM de junho de 2011 a junho de 2012. (Foto: DIÁLOGO/Sandra Marina)

O Coronel José Alejandro Forero (direita) serviu como um dos Oficiais de Ligação das Nações Parceiras do SOUTHCOM de junho de 2011 a junho de 2012. (Foto: DIÁLOGO/Sandra Marina)

Claudia Sánchez-Bustamante/DIÁLOGO

Durante uma cerimônia realizada em 29 de junho para homenagear o Coronel José Alejandro Forero, do Exército colombiano, o Tenente-Brigadeiro-do-Ar Douglas Fraser, comandante do Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM), expressou seus agradecimentos pelo ano de serviço prestado pelo coronel como um dos Oficiais de Ligação de Nação Parceira.

O Coronel Forero chegou ao SOUTHCOM no verão de 2011 com vasta experiência no combate às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), como professor da escola de guerra e mais de 27 anos de serviços pelo Exército de seu país.

Nas palavras do Brigadeiro Fraser, durante seu período no SOUTHCOM o Coronel Forero foi de fundamental importância ao facilitar as comunicações entre as Forças Armadas dos Estados Unidos e da Colômbia e, especialmente, ao compartilhar as informações necessárias para coordenar os esforços de colaboração em apoio à luta regional contra o narcotráfico e ao Combate ao Crime Organizado Transnacional (C-TOC).

“José, Sandra, nós aprendemos com vocês e nos beneficiamos com seu conhecimento da Colômbia, com sua disposição em aprender como nós trabalhamos e de trabalhar sob nosso comando”, disse o Brigadeiro Fraser ao coronel e sua esposa. “Sua dedicação a nossos deveres mostrou uma inestimável visão sobre a compreensão mútua entre nossas nações”, acrescentou.

Entre os participantes não havia apenas membros do Estado-Maior Conjunto do SOUTHCOM, mas estava presente também o General Leonardo Barrero, diretor de Operações do Exército colombiano, que conhece o Coronel Forero há 27 anos.

“Estou… estamos muito entristecidos hoje ao dar adeus a uma família como o SOUTHCOM, que nos recebeu de braços abertos desde o primeiro dia”, disse por sua vez o Coronel Forero. Ele explicou que, ao chegarem em Miami há um ano, ele e sua família temiam sentir-se como estranhos e longe de casa em um país estrangeiro. “Mas não foi isto o que aconteceu”, declarou. “Fizemos vários bons amigos e sentimo-nos à vontade… fomos apresentados a grandes comandantes e partimos muito gratos pelo período que passamos aqui”.

“Levarei comigo lições inestimáveis desta experiência e as compartilharei com meus companheiros para implementarmos nosso próprio desenvolvimento de novos projetos. Minha função era aproximar as Forças Armadas dos Estados Unidos e da Colômbia e estou grato a todos vocês, que permitiram que meu trabalho fosse bem-sucedido”, finalizou, ao receber a Condecoração de Mérito de Serviço Conjunto pelo desempenho de suas tarefas.

O Comando Sul criou o Programa para Oficiais de Ligação das Nações Parceiras (PNLO) em 1998, com o objetivo de estabelecer ligações com as nações parceiras dos EUA na América Central, América do Sul e Caribe, que possam ser um caminho para incentivar um melhor conhecimento sobre as missões e táticas, facilitar a capacidade de integrar e sincronizar as operações, auxiliar na transferência de informações vitais, aumentar a confiança mútua e o nível do trabalho de equipe.

Você gostou deste artigo?

44Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório

1 Comentário

  • Leonard Renteria Vallecilla | 2012-12-22

    Parabéns por tão importante trabalho que o Comando do Sul tem feito em nosso país, obrigado também pelo Centro de Atenção Integral à Juventude que construíram em Buenaventura, lamentavelmente esse lugar está abandonado e deteriorado, um grupo de jovens estamos exigindo à administração que nos dê resposta sobre a administração do lugar, pois nos preocupamos por estar se deteriorando sem que tenha sido utilizado, esperamos ter contato com os senhores para lhes fazer chegarem fotos e melhores detalhes da situação do lugar, gostaríamos que fosse possível que os senhores estivessem em nossa cidade para verificar o que estou lhes contando.