Arrow left
Arrow right

2012-06-05

Fuerzas Comando 2012 começará na Colômbia

Competidores de vários países praticam no campo de tiro do Forte Militar de Tolemaida, na Colômbia, antes do início das olimpíadas militares Fuerzas Comando 2012, que se estenderá do dia 6 até o dia 14 de junho. (Foto: Exército dos EUA)

Competidores de vários países praticam no campo de tiro do Forte Militar de Tolemaida, na Colômbia, antes do início das olimpíadas militares Fuerzas Comando 2012, que se estenderá do dia 6 até o dia 14 de junho. (Foto: Exército dos EUA)

Sandra Marina/Diálogo

Fuerzas Comando 2012, a olimpíada militar antiterrorismo, começará em 6 de junho no Forte Militar de Tolemaida, na Colômbia, com a participação de 21 países do hemisfério ocidental.

Patrocinado pelo Comando Sul dos EUA e pelo Comando de Operações Especiais do Exército dos Estados Unidos, o evento é um exercício militar de caráter esportivo, com o objetivo de fortalecer as relações entre os membros das Forças Armadas do continente americano, bem como compartilhar destrezas, técnicas e táticas na luta contra o terrorismo.

Durante os dias que precederam o evento, os competidores de cada nação convidada realizaram exercícios de familiarização com o armamento que utilizarão nas competições de tiro e treinaram para as competições de remo, entre outras atividades.

Este ano, Fuerzas Comando conta por primeira vez com uma competidora mulher, representante do México.

Na nona edição do evento, que se estenderá até o dia 14 de junho, participam equipes de Bahamas, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Guiana, Honduras, Jamaica, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai, República Dominicana, Suriname e Trinidad e Tobago.

Até o momento, o Fuerzas Comando foi realizado em oito oportunidades. O primeiro encontro foi em El Salvador em julho de 2004 e contou com a participação de representantes de 16 países latino-americanos. Seguiram-se Chile, Paraguai, Honduras, Estados Unidos, Brasil, República Dominicana e El Salvador novamente, em 2011.

Colômbia, o país sede, ganhou quatro das oito versões disputadas (2004, 2005, 2006 e 2007) e por isto é considerado um dos adversários mais fortes.

Durante Fuerzas Comando 2012, Dialogo-Americas.com e o website FuerzasComando.com oferecerão informações atualizadas sobre os resultados das competições.

Você gostou deste artigo?

38Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório

1 Comentário

  • Humberto Vasquez Gomez | 2012-11-26

    Creio que eventos como este deveriam ser realizados mais vezes, exércitos têm que estar prontos para qualquer tipo de eventos terroristas, sequestros, cartéis de drogas, somente para mencionar alguns, se não se sabe como responder a esses tipos de criminosos, as pessoas envolvidas estão mais propensas a morrer, porém em troca desse tipo de treinamento, exércitos e forças de segurança têm mais chance de resgatar as pessoas envolvidas, bom trabalho, rapazes, e estejam prontos para qualquer próximo evento.- Fui segundo sargento no Exército de El Salvador de 1963 a 1968.- retornei para a guerra das 100 horas em 1969.- Segundo sargento Humberto Vasquez Gomez