2012-01-17

Tática anti-FARC colombiana pode ser útil ao México

Um policial examina uma área em Piendamo, no departamento de Cauca, depois de um atentado mortal das FARC em novembro de 2011 contra uma delegacia próxima. O ataque ocorreu três dias depois que o líder da organização rebelde, Alfonso Cano, foi morto pelo exército colombiano na mesma região. [Reuters/Jaime Saldarriaga]

Um policial examina uma área em Piendamo, no departamento de Cauca, depois de um atentado mortal das FARC em novembro de 2011 contra uma delegacia próxima. O ataque ocorreu três dias depois que o líder da organização rebelde, Alfonso Cano, foi morto pelo exército colombiano na mesma região. [Reuters/Jaime Saldarriaga]

Por Jamie Dettmer

A mais antiga insurgência colombiana, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), não tem a mínima intenção de se render — apesar de uma série de reveses que culminaram na morte de seu comandante maior e a dificuldade em recrutar novos membros.

Na verdade, os líderes da organização terrorista estão ansiosos por provar que as previsões da derrocada do grupo podem ser prematuras. Nas últimas semanas, eles lançaram uma série de ataques, incluindo a duas cidades no departamento de Cauca, no sudoeste do país. Em confrontos separados na província de Tolima com a 6ª Brigada do Exército Colombiano, ele mataram um oficial não comissionado e três conscritos.

As províncias de Norte de Santander e Putumayo também assistiram a uma escalada das ações das FARC na virada do ano, que deixaram uma mulher e seu bebê mortos e mais de 20 feridos.

Mas os militares colombianos e autoridades civis veem os recentes ataques das FARC como o último recurso de um movimento que perdeu sua razão de ser e que sofre com a dissidência.

E permanecem confiantes de que o movimento guerrilheiro está vulnerável e se enfraquece rapidamente, com divisões sobre a estratégia se ampliando e a ocorrência de debates quanto ao prolongamento da insurgência.

FARC estão perdendo terreno, segundo general

“Eles perdem mais terreno a cada dia”, declarou o general Alejandro Navas, comandante das Forças Armadas da Colômbia, ao jornal El Nuevo, de Bogotá. O recrutamento se tornou mais difícil e o isolamento do movimento dos colombianos comuns é praticamente total agora, disse, sustentando que os guerrilheiros estão “a caminho da derrota, sem dúvida.”

Porta-vozes do exército calculam que as FARC perderam metade de seu efetivo nos últimos anos, caindo de 16.000 para 8.000 membros. Analistas independentes concordam, acrescentando que a organização terrorista, apesar dos milhões de dólares que arrecada com o comércio de drogas, busca pôr um fim na sua longa batalha.

Para o analista militar Alfredo Rangel, o assassinato em novembro último pelos militares colombianos do comandante supremo das FARC, Alfonso Cano, será visto como o ponto de virada.

“O governo desferiu um duro golpe com a morte de Cano”, afirmou Rangel, ressaltando que isso levará a inúmeras deserções, reduzindo ainda mais o poder da guerrilha. Outro famoso estudioso colombiano, Ancízar Marroquín, disse que “o desaparecimento de líderes históricos das FARC pode anunciar a desmobilização do grupo guerrilheiro.”

Como isso acontecerá, ninguém sabe ao certo. Rangel acha que o novo líder do movimento, Rodrigo Londoño Echeverry — vulgo “Timochenko” — de 52 anos, lutará até o fim para manter sua reputação de militar durão. Outros analistas, como Marroquín, suspeitam que o fim pode estar mais próximo, mas apoiam a ideia de que o governo deveria se concentrar em destruir as unidades mais eficientes do grupo.

México pode utilizar táticas colombianas

Não há sinal de calmaria no ar. O presidente Juan Manuel Santos parece mais determinado do que nunca a promover o fim de uma insurgência que assola a Colômbia há décadas.

Países próximos, mais notadamente o México, monitoram de perto os acontecimentos na Colômbia de forma a avaliar que consequências a queda das FARC pode lhes trazer — e, mais urgentemente, examinar se as táticas colombianas podem ser úteis no combate aos seus próprios desafios na área de segurança.

Governos centro-americanos estão impressionados com o sucesso da Colômbia no enfrentamento das FARC. Desde 2002, o número de municípios que a guerrilha comanda caiu de 377 para 142.

Recentemente, Santos deu a entender que a Colômbia tem muito a oferecer aos vizinhos em termos de conhecimento e tática, acrescentando que compartilhar informações sobre as ligações das “frentes” das FARC com cartéis mexicanos, como o Los Zetas, pode auxiliar agências legais em toda a América Central.

A Colômbia conhece bem as operações antidrogas. Além de lutar contra as FARC, as autoridades do país desmantelaram duas das mais poderosas organizações criminosas do mundo na década de 1990: o cartel de Medellín, de Pablo Escobar, e o cartel de Cali.

Embora haja grandes diferenças entre as duas situações – as FARC continuam sendo uma insurgência que visa derrubar o governo, enquanto o crime organizado no México não possui ideologia política — autoridades mexicanas esperam claramente adquirir experiência com a Colômbia na guerra contra o tráfico de drogas.

O general Luís Alberto Pérez, diretor da Polícia Antidrogas da Colômbia, afirmou que no ano passado, mais de 100 policiais e soldados mexicanos foram treinados pelas forças especiais colombianas. Os cursos de comando, com duração de quatro meses, incluem treinamento na selva, ataque a quartéis-generais fortemente armados e o uso de armas de assalto e explosivos.

Segundo Pérez, outros países podem aprender muito com a estratégia anti-insurgência do país, conhecida como Plano Colômbia, que, em si, sustenta três objetivos principais: limpar o território de insurgentes, recuperar os territórios tomados pela guerrilha ao mesmo tempo que em que enfraquece o financiamento proveniente das drogas das FARC e, por fim, cortar os laços entre os moradores locais e as guerrilhas, promovendo o desenvolvimento econômico e social.

Os cartéis mexicanos têm a mesma determinação das FARC de controlar e dominar territórios. Embora a polícia e os militares não estejam frente a um grupo armado uniformizado como as FARC, eles enfrentam narcotraficantes que empregam cada vez mais táticas terroristas, como emboscadas, ataques a bomba e combate às autoridades com armas durante as operações.

Autoridades mexicanas não estão apenas interessadas em observar as táticas militares colombianas. A província de La Macarena — um antigo reduto das FARC que o governo tomou da guerrilha — tem sido foco de programas de desenvolvimento implantados pela administração Santos, de modo a impedir o retorno da violência e do tráfico de drogas à região.

Você gostou deste artigo?

71Rating no
Adicione Seu Comentário Política de Comentários
*informa campo obrigatório

79 de Comentários

  • WILCHAS | 2012-06-08

    PERGUNTO-ME NESTES MOMENTOS SE A GUERRA NÃO TEM SIDO UM NEGÓCIO PARA O GOVERNO HÁ MUITO ...TEMPO? É Raro que um país com amigos tão poderosos como os Estados Unidos não tenha pedido ajuda para acabar com estes delinquentes como tem feito com os outros. A guerra é um negócio muito lucrativo para uns e uma desgraça para muitos, principalmente para os das classes sociais mais baixas. Se acabassem com a guerrilha das farc quem nos garantiria que não surgiria outro movimento; só para manter ocupados e com bons salários os nossos dirigentes militares? A corrupção tem sido e será a bandeira de nossos governantes. Poderemos esperar algo positivo de tudo o que eles fazem?

  • efrain gonzalez | 2012-04-28

    que viva Uribe!!!

  • Hunesa | 2012-04-17

    Uma coisa é pontificar de longe sobre algo que eles nunca sofreram e outra coisa é ser um “idiota útil”, como tantos que defendem as FARC que nunca mostraram o que querem. Entre um comunismo estilo russo e um Khmer Vermelho estilo Marxismo. O “paraíso terrestre” de Cuba é para onde os tem levado. A maioria das FARC é de inexperientes e analfabetos, os que estudaram estão confortáveis em Repúblicas de cafetões aproveitando o dinheiro dos sequestros e do narcotráfico. Eles tiveram sua chance em Caguán, mas como não sabiam explicar suas ideias e devido à sua arrogância, a perderam. Se fosse pela miséria, haveria uma enorme guerra de morte na Índia. É importante que aqueles que falam tanta bobagem analisem nossa história. Pena que eu não seja rico, para convidar aqueles que pregam a favor das FARC para irem aos nossos campos para que vejam como nossos camponeses arriscam suas vidas todos os dias com as “minas terrestres” colocadas em quase 70% de nosso território pelos “amigos”da justiça, que mutilam, matam, etc. Nos territórios em que têm controle há anos não há uma única escola, ou hospital, preferem enterrar “huacas” com milhares e milhares de dólares, e o povo pobre, como os esquerdistas dizem, não recebeu nenhuma ajuda além da destruição, e morte. Os governos de direita não são os únicos que roubam, olhem os Chavistas, como se diz, se alguém não pertence ao “circuito” está perdido. Então, por que Mao conduziu a revolução cultural? Nosso maior problema social não tem sido a pobreza, mas a terra. A democracia, com todas as suas falácias, é a melhor forma de governo. Se vocês acreditam que por usar uma sigla política é possível matar e sequestrar, então realmente não pensam.

  • Eduarda Martinez | 2012-04-11

    As Farc não estão derrotadas, ao contrário, com os golpes devem estar se preparando para enfrentar a indubitável assimetria desse conflito, pois enquanto eles lutam com fuzis, cilindros e trincheiras, as forças oficiais captam suas ligações de celular por satélite, os localizam através de emissões de calor e jogam sobre eles bombas de 500 libras de “amaciamento”, para logo despejar tropas transportadas por helicóptero, os “heróis da pátria” que caem com armas automáticas para acabar com o que restou com vida. Aparentemente estão muito debilitadas, mas como acabar com uma guerra como essa? Ao contrário, eles estão semeando a pior parte de mesma guerra de outras décadas, porque ninguém alcançará nenhum processo de paz baseado em humilhação... e eles também podem se preparar para surpreender “o inimigo”com o uso letal de tecnologisa de ponta.. não importa o tempo que isso possa levar. Não há outra saída a não ser conversar, não há dúvida.. Pobre México se embarcar nas táticas que na Colômbia são consideradas como desonra militar e covardia.

  • fagus82 | 2012-04-01

    NÃO ME SURPREENDE… SE ELES TÊM O MESMO ASSESSOR... JOAQUÍN VILLALOBOS… O EX-GUERRILHEIRO DA FMLN E LÍDER DO ERP... ELE ASSESSOROU A ESTRATÉGIA ANTIFARC, DESDE A GESTÃO ANTERIOR E ATUALMENTE É ASSESSOR DE FELIPE CALDERÓN EM ASSUNTOS DE SEGURANÇA...

  • javier | 2012-03-24

    As drogas são um problema de todos desde a aspirina até a morfina e a cocaína, todos nós precisamos em algum momento de nossas vidas, alguns mais do que outros, 99% das drogas são legais incluindo o álcool, a droga mais destrutiva que existe. vamos legalizar a coca e um laboratório que seja encarregado de sua produção e distribuição, pagando impostos supervisionados pelo governo

  • colombiano cansado | 2012-03-14

    A guerrilha colombiana tinha ideais no passado; atualmente eles são um grupo narcoterrorista que destrói as vidas e a honra de um país que trabalha para seguir em frente, seria muito bom que todos fossem eliminados... e que continuem com a estratégia de recompensa financeira, eles não podem lutar contra isso. Bom Exército da Colômbia! sejam duros com eles! eles merecem!!!

  • andrus | 2012-03-13

    as farc são uma máfia da oligarquia neste país.

  • RALPH KLEIN ZIUR | 2012-03-13

    A GUERRA É UM MAL NECESSÁRIO PARA AS NAÇÕES, ESPECIALMENTE QUANDO A TENDÊNCIA AO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO É TÃO REMOTA. A TOTAL DEPENDÊNCIA DE TECNOLOGIAS, CONHECIMENTO E MODELOS ESTRANGEIROS NOS TRANSFORMA EM COBAIAS, LEVANDO EM CONTA QUANTAS COISAS SUJAS E VENENOSAS TÊM SIDO DESPEJADAS EM NOSSO SOLO, NOSSOS ANIMAIS E EM NÓS MESMOS. EU QUERO DIZER COM ISSO QUE O MAL DE ASSASSINARMOS UNS AOS OUTROS É HERDADO DE NOSSOS ANCESTRAIS EUROPEUS E COMO ELES SÃO BRANCOS ENTÃO NÓS QUE SOMOS MESTIÇOS, MULATOS OU NEGROS, NÃO SOMOS MAIS QUE ESCRAVOS DOS MODELOS DELES, SEUS SISTEMAS DE GOVERNO E ASSIM AS VÍTIMAS DE UM MODELO ECONÔMICO GENOCIDA QUE DIA APÓS DIA TENDE A FAZER DESAPARECER A CLASSE MÉDIA E OS MAIS MARGINALIZADOS. UM CASO PARTICULAR É O DE JESUS CRISTO DO ORIENTE MÉDIO, MAS O IMPÉRIO ROMANO TEVE UMA SEMELHANÇA COM ESSE MODELO E CRIOU RÉPLICAS DE UM HOMEM EUROPEU E COM ISSO ACOMODOU UM TEXTO SAGRADO QUE APENAS DEFENDE O INTERESSE DE SEUS AUTORES; IMAGINE UMA CONSTITUIÇÃO SEM LEIS OU COM LEIS EM QUE CADA VEZ QUE HÁ UMA MUDANÇA DE MANDATO COMO CONSEQUÊNCIA SÃO ANULADAS OU FORMULADAS OU SE ACOMODAM A INTERESSES BASTANTE PARTICULARES.

  • joseño | 2012-03-13

    neste país não se sabe quem tem destruído mais, se a guerrilha ou a corrupção desenfreada, os políticos bandidos que chegam a um cargo na prefeitura, no governo do estado e outros, e roubam o dinheiro dos colombianos e deixam o povo mergulhado na miséria.

  • Hernando Valencia | 2012-03-12

    Enquanto os juízes em nosso país continuarem coniventes com as forças da esquerda e aplicam a justiça de maneira branda; enquanto os juízes não implementarem adequadamente a Constituição Nacional e enquanto essa mesma justiça tendenciosa não olhar com a mesma perspectiva para todas as pessoas que irá julgar, os guerrilheiros da FARC continuarão a destruir nossa Pátria querida. Vocês não se perguntam por que nada aconteceu com os líderes da esquerda? Como por exemplo Piedad Córdoba (Teodora), Carlos Lozano, Alonso Lucio etc. Para os juízes da República, as provas não são tão contundentes, e quando alguém se declara contra pessoas de esquerda, não é digno de credibilidade, porque essas declarações não são bem fundamentadas ou não são dignas de credibilidade; mas quando alguém apresenta qualquer declaração contra qualquer pessoa de direita ou seguidora de Uribe, nesses casos a declaração tem credibilidade. Agora nós vemos por que ninguém acredita na justiça e os cidadãos comuns da Colômbia estão convencidos de que a justiça está a serviço dos guerrilheiros das FARC.

  • Pedro Rojas | 2012-03-11

    Sr. Eduardo: eu concordo totalmente com seu comentário e rapidamente devo acrescentar o seguinte: “Se a política não fosse um negócio (corrupto), quem iria se tornar político?.” É claro que eles enriquecem ilicitamente saqueando os cofres públicos que se alimentam de nossos impostos. além do mais, contratações fraudulentas, contrabando (no qual alguns políticos são grandes gamonales), extração e venda ilícita de nossas riquezas naturais, abandono dos territórios, falta de meios de penetração, falta de saúde, educação, moradia, pobreza extrema etc., etc., e eles, aí, incólumes enchendo cada vez mais seus cofres podres e o povo colombiano sofrendo de fome, desemprego, insegurança, impostos onerosos, pagando os serviços públicos mais caros do mundo (paupérrimos) e pare de dizer, porque não acabaríamos e eles, políticos muito cínicos dizem: a política é uma bela virtude! (de roubar, saquear o povo e viver na corrupção.) Saudações cordiais, senhor Eduardo.

  • calos maldonado | 2012-03-11

    algumas coisas que eu acho que gostaria é não depender de outros países, pois nós temos originalidade e mente próprias

  • diego quientero | 2012-03-09

    pensar que as farc têm objetivos é ser muito iludido ou estar muito equivocado porque tenho 24 anos e durante toda a minha vida ouvi isso esses idiotas sempre encontraram uma desculpa estúpida para justificar sua luta estúpida e a muitos da oligarquia colombiana não convêm que essa guerra estúpida termine porque alguns vivem dela

  • JESUS | 2012-03-07

    POR QUE TANTAS MORTES PAZ POR FAVOR

  • Eduardo | 2012-03-04

    Bem, na verdade se as FARC têm meio século de existência é por causa das desigualdades sociais vigentes até hoje na Colômbia e o atual governo é não uma mansa pomba da paz, mas belicista e terrorista, que se escondem e acobertam, além disso se mostram valentes quando 7 bases militares os protegem, que valentes são, eles deviam ter vergonha, o problema na Colômbia é estrutural e enquanto o sistema não mudar, haverá FARC ou outros movimentos sociais que reivindicam para os colombianos.

  • alirio sotelo cortes | 2012-03-03

    a guerrilha nunca acabará mas pode ser erradicada com a concordância do povo. Agora, se o mesmo povo deixar de ser tão sem-vergonha e acabar com a corrupção de escolher dirigentes analfabetos, ignorantes e retardados, que apenas aprendem a ser senhores dos espertos. Ou vocês já ouviram algum deles se contrapor aos colonizadores latifundiários e oligarcas senhores de terras, detentores das principais indústrias e terras do estado colombiano. Guerrilha e governo colombiano, embrulhados sob o mesmo cobertor, e são cortados pela mesma tesoura como disse o ilustre cantor mexicano Chente. Se bem me lembro, na universidade vocês me ensinaram que para ser um governante ilustre seria necessário, além de ter me formado na universidade, ter ensinado cátedra universitária. Mas esses desgraçados governantes que temos hoje se graduaram na Universidade da Vida, e deram cátedra de desproteção às crianças infelizes que trouxeram ao mundo. Será que nós continuaremos adormecidos pela eternidade? Cada louco aproveita-se do passado e o fundamenta conforme a sua conveniência. Chávez com seu poder bolivarista. Uribe com suas autodefesas colombiana. Galan com ideias gaitanistas. Andres Uriel construindo não quilômetros mas milhas de estradas, mas seriam de fazendas de sua propriedade, ou seriam de contratos que nunca foram fiscalizados. Quem irá destampar esse maldito caldeirão de administração incompetente da gestão anterior para ver se uma nova pode ser depurada e não nos arrepender tarde demais do pequeno voto de muitos colombianos que continuam ignorando a SITUAÇÃO DE NOSSA QUERIDA COLÔMBIA. É uma enorme quantia de narcopesos que é movimentada antes de um empregado ocupar seu cargo, que já sabe de quantos milhões irá desfrutar.

  • Lenis Julio | 2012-03-03

    Olá! Vejamos, não basta falar e dizer quem tem ou não culpa. Se entramos nessa, vamos crucificar o papa por ser alemão. A meta é acabar com o câncer que de nenhuma maneira beneficiou nenhum pobre do país: a guerrilha, chamem como quiserem chamar. Mas os convido a dar uma volta nos campos colombianos e Ah! Surpresa, como é rentável o negócio da guerrilha. Alguém diz ter quebrado a coluna vertebral dessas organizações. Lembram de Marquetalia? Mas hoje em dia se fala de direitos humanos. Então onde ficamos. O câncer se combate com radiações.

  • lowis | 2012-03-03

    NESTES FÓRUNS HÁ PESSOAS QUE JUSTIFICAM O CRIME CONTRA UM SER HUMANO POR PENSAR DE FORMA DIFERENTE DO ESTADO, TIRAR A VIDA DE UM SER HUMANO É UM CRIME AQUI E EM QUALQUER LUGAR, O IMBECIL QUE DIZ QUE A MORTE DE UM GUERRILHEIRO MORTO PELAS BALAS DA FORÇA PÚBLICA NÃO É UM CRIME, DE ACORDO COM VOCÊS É CRIME QUANDO UM REBELDE MATA UM SOLDADO. OS DOIS SÃO CRIME.

  • MARTHA QUIROGA | 2012-03-02

    É O QUE NÓS QUE AMAMOS NOSSO PRESIDENTE ALVARO URIBE VELEZ, DIZEMOS, QUE COM ESTA DECOMPOSIÇÃO SOCIAL LÁ EM NOSSA AMADA COLÔMBIA, A ÚNICA COISA QUE QUEREMOS É VOLTAR A DIRIGIR NOSSO PAÍS, PORQUE NAS MÃOS DE QUEM ESTÁ NADA FOI FEITO, PORQUE O ATUAL PRESIDENTE ESQUECEU O ENSINAMENTO QUE O DOUTOR ALVARO URIBE DEIXOU, PORQUE SE URIBE O DEIXOU LÁ FOI PARA REPRESENTÁ-LO BEM NÃO PARA MANCHAR A SUA FACE.

  • Carlos Hernandez | 2012-03-02

    As FARC ressurgem com atentados e massacres, mas algum dia se afogarão no sangue do povo que sangram!

  • MANUEL | 2012-03-01

    SE AS FARC PERDERAM OU NÃO O RUMO, ACREDITO QUE ESTE NÃO É O CAMINHO; O SISTEMA COLOMBIANO PODRE CORRUPTO LADRÃO E MANIPULADOR LEVOU AS FARC A BUSCAR TÁTICAS DE SOBREVIVÊNCIA E INTELIGÊNCIA, E SE O QUE O EXÉRCITO FAZ É ASSASSINATO, QUE AS CONSTITUIÇÃO ESTÁ ENDOSSANDO; NÃO SIGNIFICA QUE ELES SEJAM ANJINHOS E QUE SEJA CORRETO O QUE FAZEM, MÍDIA, CLASSE POLÍTICA, PARAMILITARES ESTÃO ATORMENTANDO E AGARRANDO O SANTOS MAS A VERDADE É OUTRA.

  • ESTIVEL | 2012-03-01

    Supõe-se que a colômbia esteja lutando uma guerra contra o CAPITALISMO (dinheiro) não sei como no futuro ela sustentará um sistema que pode entrar em colapso a qualquer instante... muitas pessoas não se importam com a contaminação (não apenas o lixo) (nem na Terra)(exploração)(marginalização)(perda de valores humanos)(raízes no folclore raça sangue pensamento)(humildade.. porque agora só o dinheiro é necessário)(até o amor) MUITA GENTE ganha apenas o mínimo... crianças drogadas... meninas grávidas... ladrões... fleteros... porque (todos) têm o direito de ganhar seu pão com o suor de (seus) rostos... embora muitos não façam nada pelo (povo) e ganham milhões e quem reclama se a maioria dos impostos pagos para isso é destinada para a guerra? muitos como escravos ou como soldados de ESCRAVOS e SOLDADOS de muitos camuflados atrás de leis fictícias e manipuladas e MANUSEADAS por uns (poucos)... DINHEIRO EM POUCOS BOLSOS E CONTINUAMOS SENDO EXPLORADOS,... pelo menos na (COLÔMBIA REAL) você pode comer UMA MANGA sem ter de pagar impostos... POLÍTICOS lutando como cobras para impor (sua realidade) e dão exemplo para esse lindo e belo e puro e intocável país cheio de riquezas (inomináveis) em um país livre (deve ser livre)... QUANTA GENTE (PESSOAS) (números) morreu... ATÉ o sangue de Cristo foi derramado... OS MAIS PREJUDICADOS SÃO OS pequenos... dominante e dominado... mesmo um humano pode ser vendido como um produto para os ricos... a vida vale muito... mas nesta cidade não vale nada... pessoas são mortas por dinheiro de ódio que foi infundido pelos colonos... e sem exceção são aqueles que nos dão armas para que leis neste país (SEJAM LOGICAMENTE E LEGALMENTE CAPAZES DE MATAR SEM NENHUMA RESTRIÇÃO...** comprar (Rua) cale-se...) Obrigado :p

  • GERCHO | 2012-03-01

    Para Camilo e Ebaristo: "aqui nesta reportagem NÃO EXISTEM AS VALAS COMUNS DE LA MACARENA... OU SEJA, ELAS NÃO EXISTEM"... é verdade.. NÃO EXISTEM... essas "valas comuns" são um cemitério em uma antiga região guerrilheira.. até o coveiro do povoado falou e disse que uns jornalistas de sotaque estrangeiro lhe haviam oferecido $$$ para dizer tal SANDICE!!... ou não sabiam?

  • daniel m | 2012-03-01

    esta reportagem me faz lembrar muito as reportagens que eram publicadas na Argentina na época da ditadura, o sentido ideológico é o mesmo. Leva-me até a época dos piores governos de direita da Colômbia e do México, representam ideologias totalmente ultrapassadas e superadas pela maioria da América Latina... digamos concretamente que há uns poucos governos marionetes dos EUA que ainda permanecem, !! e se a reportagem tem o propósito de espionar para ver quem simpatiza com as farc, bem, me descobriram !! háháhá

  • dexter quinques | 2012-03-01

    As narcofarc durante um período eram narcoguerrilhas que lucravam com substâncias, agora são narcofarc porque lucram com todo o negócio, os chefes das narcofarc são autênticos chefes da extinta máfia colombiana; eles têm ocupado o espaço deixado por Don Pablo Escobar, os irmãos Rodriguez Orejuela e outros traficantes de drogas que dominavam o mercado ilegal na Colômbia, a ideia de Santos de nacionalizar essa atividade ilegal definitivamente causará um colapso nas finanças destes grupos desestabilizadores porque eles se movem graças aos dólares da comercialização da droga

  • Victor Carranza | 2012-02-29

    bom, amigos das FARC, para continuar a luta, não se deixem abater pela oposição, pelo governo, pelos Impérios e pelos governos aliados; é necessário negociar através da luta, é preciso incorporar uma força aérea, se armar mais e mais até o governo colombiano ver seu peso e começar a negociar. Vivam as Farcs, nada de cair, levantem-se e sigam na luta porque a luta traz o triunfo ou faz o rival negociar com dignidade.

  • AQUILES MOUTHON | 2012-02-28

    existe a INCÓGNITA DE COMO AS FARC VÃO GERIR ESTE PAÍS, SEM OS FUZIS, SEM OS SEQUESTROS E SEM A AJUDA OCULTA DOS GOVERNOS VIZINHOS DE VENEZUELA E EQUADOR E ESPECIALMENTE DOS IRMÃOS CASTRO.

  • jesus martinez | 2012-02-28

    Não se pode sequer pensar que um grupo de bandidos treinados e dedicados exclusivamente a fazer o mal seja a solução para acabar com a pobreza, o desemprego, a fome, os idosos e as crianças desabrigados e os camponeses sem-terra. Se os colombianos vissem nesses que reivindicam ser os defensores de seu povo, e não tivessem de chorar todos os dias pelos assassinatos, roubos, sequestros, destruição de povoados, colocação de minas, estupros, matança de camponeses, chantagem e não fossem os portadores das sete pragas, com certeza nós já os teríamos governando o país. Como podemos acreditar neles se eles apenas nasceram para fazer o mal e não deram uma única mostra de sanidade ou desejo de fazer o bem.

  • edwar | 2012-02-28

    A despeito do que está acontecendo na Colômbia nós precisamos ser sinceros sobre o fato de que tudo isto é devido à corrupção política que vem ocorrendo há muitos anos. se os políticos não compartilham suas ideias e compromissos com o povo colombiano, não conseguiremos a paz porque não a teremos, e nunca veremos as farc deixarem suas armas, porque o pobre e o meio ambiente não sabemos o que é bom e mau nem aqui nem além.

  • MILLER OYOLA V. | 2012-02-28

    AINDA NÃO SEI PORQUE EXISTEM PESSOAS TÃO IMBECIS QUE DIZEM A PALAVRA ASSASSINATO PELO EXÉRCITO PARA TODOS OS GUERRILHEIROS QUE MORREM EM OPERAÇÕES MILITARES. O CASO CONCRETO DE ALFONSO CANO. O EXÉRCITO NACIONAL É UMA FORÇA LEGALMENTE CONSTITUÍDA, COM PODERES OPERACIONAIS DESIGNADOS PELO POVO ATRAVÉS DE SUA CONSTITUIÇÃO NACIONAL PARA QUE O GOVERNO A CUMPRA E NÃO FOI DESIGNADA POR UM GRUPO DE GUERRILHEIROS ENCOBERTOS... PIEDAD CORDOBA... CEPEDA... ONG… ESSES ÚLTIMOS JÁ TARDAM EM IR PARA A PRISÃO… POR FAZEREM APOLOGIA À SUBVERSÃO A PARTIR DE SEUS CARGOS.

  • ramgel | 2012-02-27

    o pior para a Colômbia tem sido as farc… massacres, desalojamento, extorsão,,,meu avô com duas vacas e esforço de 20 anos conseguiu ter 17 vacas, o extorquiram...o torturaram e desmembraram... por causa de sua luta para sobreviver... e dizem ser o exército do povo... se o povo os apoia é por medo... por mais nada... mas 99% da população nacional e internacional os odeia... exercer poder por meio de um fuzil... e os milhões adquiridos com os sequestros e a coca., e a vida burguesa dos comandantes... não mais... fora farc não mais farc... e eles sabem que ninguém acredita neles... e NUNCA CONQUISTARÃO o poder e não é porque alguém disse, é porque é a realidade... é essa ideologia na qual nem eles mesmos acreditam,,,,, e isso de fechar suas páginas na internet... isolamento total a estes sanguinários,, desalmados,,,,

  • ramgel | 2012-02-27

    o pior para a Colômbia tem sido as farc… massacres, deslocamento, extorsão,,,meu avô começou com duas vacas e com seus esforços por 20 anos conseguiu ter 17 vacas, foi extorquido... eles o torturaram e desmembraram... por causa de sua luta para sobreviver... e dizem ser o exército do povo... se o povo os apoia é devido ao medo... por mais nada... mas 99% da população nacional e internacional os odeia...exercer poder por meio de um fuzil... e pelos milhões adquiridos através dos sequestros e da coca., e a vida burguesa dos comandantes... não mais... fora farc não mais farc... e sabem que ninguém acredita neles... e eles NUNCA CHEGARÃO ao poder e isso não é porque alguém disse, é porque é a realidade... é essa ideologia na qual nem eles mesmos acreditam, suas páginas na internet deveriam ser fechadas... isolamento total a esses sanguinários... desalmados...

  • jopupa | 2012-02-27

    Definitivamente, um marceneiro acertou o prego. A guerrilha, seja como é chamada, se acabaria ao deixar de ser mencionada. O dia em que os meios de comunicação de comum acordo resolverem não mais mencioná-los por qualquer razão, desaparecerão do mapa de forma automática.

  • henry manuel duarte t | 2012-02-26

    creio que as causas que deram origem à criação e ao desenvolvimento das farc nunca desapareceram, ao invés disso elas aumentaram. entretanto, acredito que devem se adaptar aos novos tempos e usar para seus objetivos políticos os instrumentos fornecidos pela pseudodemocracia e a partir daí realizar as mudanças propostas e buscadas por seus dirigentes e integrantes, porque a geopolítica atual mudou e creio que eles podem alcançar os mesmos objetivos ao invés da via armada, pela via institucional. - além disso ninguém poderia questionar sua ascensão ao poder quando isso ocorresse. um acordo político de paz digno para o povo colombiano e as farc-ep pode ser alcançado e isso ao invés de desmerecer a organização traria os mesmos benefícios para elas mesmas. outra coisa, parabéns à corajosa e acertada medida de libertar os prisioneiros ou detidos de guerra e proibir essa prática que gera mais antipatia contra eles que benefícios e é odiada por grande parte dos cidadãos do mundo, pois justamente essa prática castiga inocentes e diminui o apoio popular à organização. para concluir, considero que enquanto se mantiver o estado de exclusão, marginalidade, injustiças e desconhecimento das leis e a sociedade, o povo, hoje como ontem, se levantarão contra a exploração, o abuso, as injustiças, males que se mantêm na atual Colômbia.-

  • juanon | 2012-02-25

    que bom seria uma nação em paz sem tanta desigualdade PORQUE NOSSOS LEGISLADORES SÓ O FAZEM PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO E NÃO DO POVO, OS GOVERNOS CONTRATAM OBRAS E FICAM COM UMA BOA PARTE, AS FORÇAS DE ESQUERDA E DIREITA SÃO IGUAIS, BUSCAM RIQUEZAS E NO MEIO DE TODOS ESSES CONFLITOS ESTÁ UM POVO MORRENDO DE FOME quando serááááááááá

  • juanon | 2012-02-25

    que bom seria uma nação em paz sem tanta desigualdade PORQUE NOSSOS LEGISLADORES SÓ O FAZEM PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO E NÃO DO POVO, OS GOVERNOS CONTRATAM OBRAS E FICAM COM UMA BOA PARTE, AS FORÇAS DE ESQUERDA E DIREITA SÃO IGUAIS, BUSCAM RIQUEZAS E NO MEIO DE TODOS ESSES CONFLITOS ESTÁ UM POVO MORRENDO DE FOME quando serááááááááá

  • ANDRES MONTOYA | 2012-02-25

    O PROBLEMA COLOMBIANO É MUITO COMPLEXO, MAS PODE SER RESUMIDO EM COISAS MUITO SIMPLES. O PROBLEMA DA VIOLÊNCIA NA COLÔMBIA NÃO SE LIMITA SOMENTE ÀS FARC. POIS TAMBÉM SÃO GERADORES DE VIOLÊNCIA: A CORRUPÇÃO, A CENTRALIZAÇÃO, O ANALFABETISMO, A DESIGUALDADE ECONÔMICA E SOCIAl QUE NA COLÔMBIA É MUITO MARCANTE. AS FARC SÃO UM GRUPO ARMADO QUE TEM MAIS DE CINQUENTA ANOS, MAS É UM GRUPO QUE AO LONGO DOS ANOS PASSOU POR VISÍVEIS TRANSFORMAÇÕES E TEVE DE SE ADAPTAR (SEM SUCESSO) A SITUAÇÕES POLÍTICAS E SOCIAIS NOVAS E EM TRANSFORMAÇÃO DA ORDEM MUNDIAL. OS LÍDERES DAS FARC, HOJE EM SUA MAIOR PARTE MORTOS, NUNCA CONSEGUIRAM ASSIMILAR OU SE APROVEITAR DO DESCONTENTAMENTO DA MAIORIA DOS COLOMBIANOS, PORQUE O CIDADÃO COMUM É QUEM DE FATO POSSUI EM SUAS MÃOS A FORÇA E A MASSA PARA FAZER GRANDE MUDANÇAS EM UMA SOCIEDADE E NÓS COLOMBIANOS NÃO É QUE ESTEJAMOS ADORMECIDOS OU ENTORPECIDOS, A VERDADE É QUE NA COLÔMBIA NÃO HÁ UM ÚNICO MOVIMENTO QUE TENHA MOSTRADO A CAPACIDADE, A TRANSPARÊNCIA OU BOM SENSO PARA FAZER COM QUE A MAIORIA DO POVO SE INCLINE A SEU FAVOR. NÃO É UM CAUDILHO OU DITADOR NEM UM GRUPO VIOLENTO COM DISCURSOS ROMÂNTICOS QUE RECEBERÁ ESSE APOIO MACIÇO. NA COLÔMBIA, AS POLÍTICAS DE DIREITA, DE CENTRO E DE ESQUERDA DO PAÍS TIVERAM UM DESEMPENHO VERGONHOSO E TODAS OPTARAM EM SEU MOMENTO PELA CORRUPÇÃO E PELA VIOLÊNCIA, MERGULHANDO O PAÍS NO RETROCESSO E NA FOME QUE EM ALGUMAS REGIÕES É MAIS ACENTUADA QUE EM OUTRAS, ENQUANTO AS FORÇAS POLÍTICAS SE ENVOLVEM EM ATACAR E SE DEFENDER DAS DEMAIS. OBVIAMENTE, QUANDO EXISTIR UM MOVIMENTO QUE ACOMPANHE AS NECESSIDADES E PENSAMENTOS DOS COLOMBIANOS, QUE SÃO EM SUA MAIORIA PESSOAS EMPREENDEDORAS, PERSISTENTES E TRABALHADORAS, A PAZ QUE ALMEJAMOS CHEGARÁ .

  • GUARDO35 | 2012-02-25

    A GUERRA NÃO TERMINA COM A MORTE DESTE OU DAQUELE, CADA UM TEM OS RECURSOS E CONDIÇÕES PARA CONTINUAR PORQUE É UM NEGÓCIO QUE TRAZ LUCROS EXORBITANTES. A DIFERENÇA RESIDE NO FATO DE QUE UM LADO APROVEITA A GUERRA COM OS CONFORTOS QUE A BURGUESIA LHE OFERECE, ENQUANTO OS OUTROS ENCARAM SEU IDEALISMO SONHADOR, MESMO QUANDO TODO DIA AS DESIGUALDADES ENTRE RICOS E POBRES SE MANTENHAM A GUERRA É UM FATO INQUESTIONÁVEL.

  • Jose David Guayanay | 2012-02-24

    AS FARC SÃO UM GRUPO POLÍTICO-IDEOLÓGICO, MAS PERDEU O RUMO DE SUAS REIVINDICAÇÕES PARA O POVO; COMO É POSSÍVEL MATAREM TANTOS CAMPONESES, TRABALHADORES, MILITARES OU POLICIAIS. ENTRETANTO, URIBE E SEU GRUPO PARAMILITAR, TORNARAM-SE AINDA MAIS CRIMINOSOS, TERRORISMO DE ESTADO, AMBICIOSOS DE PODER, E O SANTOS, NÃO É INOCENTE, EMBORA SEUS AMIGOS O CONSIDEREM COMO TAL...

  • eduardo | 2012-02-23

    precisamos que os civis do povo colombiano deem suas vidas por nossos soldados. os covardes das farc estão usando nós civis como escudo; precisamos nos sacrificar para ajudar o exército; nós civis temos que desarmar as farc mesmo que isso custe nossas vidas; os corajosos morrem uma vez, os covardes morrem muitas vezes; vamos nos unir por uma Colômbia livre de terrorismo e comunismo. um colombiano que deseja ser livre.

  • Emilio | 2012-02-23

    Eles poderiam servir, mas devemos lembrar que eles não são os mesmos.

  • ardila amado | 2012-02-23

    embora existam grandes teorias de que o governo já quase venceu as FARC forças revolucionárias da Colômbia. Me atreveria a dizer que isso não é muito verdadeiro porque de 2002 a 2008 as FARC se dedicaram à preservação da força aplicando sua teoria da guerra de guerrilhas e no mesmo ano o Estado-Maior que as dirige decidiu que os fronts deveriam ser móveis. Essa é uma informação básica para que pensem melhor sobre o que o governo colombiano diz ao apresentar resultados ao povo.

  • LOWIS IBICA | 2012-02-23

    EU ACRESCENTARIA SR. VALLEJO QUE O DESEMPREGO, A FOME E A MISÉRIA QUE VOCÊ MOSTRA COMO OS PRINCIPAIS FOCOS DE CONFLITOS EU ADICIONARIA A GRANDE E DESENFREADA TAXA DE NATALIDADE QUE AUMENTA A CADA DIA E QUE NÃO HÁ NENHUM INTERESSE POR PARTE DO ESTADO DE CONTROLÁ-LA, AO CONTRÁRIO AS POTÊNCIAS ESTÃO INTERESSADAS NELA PORQUE UMA TAXA DE CRESCIMENTO MAIOR GERA MAIS VIOLÊNCIA E MAIS VIOLÊNCIA AUMENTA A VENDA DE ARMAS...

  • Félix | 2012-02-23

    Quando um revolucionário atua deve ser cuidadoso e não cair em erros como as FARC cometeram, perderam a essência, a mística, os princípios e assim sendo agora perderam o apoio do povo colombiano e do mundo, porque se voltaram para o tráfico de drogas, a extorsão de camponeses em suas áreas de ação. Não se faz revolução assassinando e sequestrando inocentes, é por isso que têm sido deixadas para trás com o passar do tempo. Então, seus resultados serão adversos e desaparecerão, e sejam presos ou mortos.

  • Félix | 2012-02-23

    Quando um revolucionário atua deve ser cuidadoso e não cair em erros como as FARC cometeram, perderam a essência, a mística, os princípios e assim sendo agora perderam o apoio do povo colombiano e do mundo, porque se voltaram para o tráfico de drogas, a extorsão de camponeses em suas áreas de ação. Não se faz revolução assassinando e sequestrando inocentes, é por isso que têm sido deixadas para trás com o passar do tempo. Então, seus resultados serão adversos e desaparecerão, e sejam presos ou mortos.

  • matio elias | 2012-02-23

    as farc nunca serão exterminadas, podem ter baixas, mas nunca se darão por vencidas,continuarão lutando para conquistar o sonho do camarada manuel marulanda

  • ivan humberto tafur perdomo | 2012-02-22

    Eu não acho que possamos vencer o imperialismo com uma guerra irregular. Uma guerra mundial contra o imperialismo também não seria inteligente. Tal guerra, se lançada, nunca seria declarada. De fato, na minha opinião, ela existe. Acredito que a essência do homem não é a guerra. Também acredito que o acreditamos “ser um homem” deixa muito a desejar. Principalmente para as mulheres.

  • Laureano Guzmán Ramírez | 2012-02-22

    HaHa… com todo o respeito: por favor atualizem-se… a Suprema Corte da Colômbia evitou a instalação de tais bases militares... isso não é mais uma desculpa para se “queixar”... embora não acredite nisso, o governo colombiano tem uma separação dos poderes e também respeita a soberania (outra coisa é se deixar invadir por cubanos de “trabalho” duvidoso ou hipotecar o país para os chineses, por exemplo)

  • Gercho | 2012-02-22

    HaHa… com todo o respeito: por favor atualizem-se… a Suprema Corte da Colômbia evitou a instalação de tais bases militares... isso não é mais uma desculpa para se “queixar”... embora não acredite nisso, o governo colombiano tem uma separação dos poderes e também respeita a soberania (outra coisa é se deixar invadir por cubanos de “trabalho” duvidoso ou hipotecar o país para os chineses, por exemplo)

  • Gercho | 2012-02-22

    ...dá vontade de rir ver os comentários em que, com desgosto patriótico e cinismo descarado, alguns comentadores rasgam seda afirmando que as FARC são muito diferentes de Los Zetas... por acaso as FARC não cultivam, processam e lucram com a droga (algo totalmente provado), ou será que o “componente político” os torna diferentes de seus atos terroristas e assassinos?... assassino é assassino, não importa o motivo!

  • PECOSO | 2012-02-22

    AS FARC SÃO UM GRUPO REBELDE COM UM PROGRAMA POLÍTICO, APESAR DAS GRANDES MENTIRAS DO GOVERNO COLOMBIANO E DE SEUS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, ENTÃO EU NÃO SEI O QUÃO VIÁVEIS SÃO AS TÁTICAS DE CONTRATAQUE USADAS CONTRA A GRANDE MÁFIA NO MÉXICO.

  • luis romer | 2012-02-22

    OS TERRORISTAS DAS FARC DEVEM SER DESMOBILIZADOS DE UMA VEZ E NÃO SE DEVE ESPERAR QUE NOSSA GLORIOSA COLÔMBIA OS CAPTURE OU MATE DURANTE OPERAÇÕES MILITARES. E DESSA FORMA DEIXARIAM DE FAZER O POVO COLOMBIANO SOFRER TANTO. GRAÇAS A DEUS EXPULSAMOS ESSES RATOS EM CUNDINAMARCA DE UMA VEZ POR TODAS.

  • jose | 2012-02-21

    não sejam estúpidos: a única maneira de progredir é através do trabalho e do respeito pelos outros

  • Ebaristo | 2012-02-20

    aqui nesta reportagem não há PARAMILITARES,NÃO HÁ PARAPOLÍTICOS, DE URIBE, NÃO HÁ NÃO ASSASSINOS DA SERRA ELÉTRICA, NÃO HÁ CARTÉIS DO ESTADO... AHHH E MENOS AINDA HÁ FALSOS POSITIVOS (ASSASSINATOS DO ESTADO) NÃO HÁ AS SEPULTURAS COMUNS DE LA MACARENA... ISTO É, ELES NÃO EXISTEM

  • Camilo | 2012-02-20

    aqui nesta reportagem não há PARAMILITARES,NÃO HÁ PARAPOLÍTICOS DE URIBE, NÃO HÁ NÃO ASSASSINOS DA SERRA ELÉTRICA, NÃO HÁ CARTÉIS DO ESTADO... AHHH E MENOS AINDA HÁ FALSOS POSITIVOS (ASSASSINATOS DO ESTADO) NÃO HÁ AS SEPULTURAS COMUNS DE LA MACARENA... ISTO É, ELES NÃO EXISTEM

  • edgar mauricio | 2012-02-20

    O QUE QUER QUE SEJA MAS NUNCA VEREI COM BONS OLHOS ESTA PRAGA, E SENDO ASSIM SE ELES NÃO QUEREM BATER EM RETIRADA, O ÚNICO JEITO É ERRADICÁ-LOS COM MUITAS BALAS E BOMBAS !!! QUE APRENDAM DE UMA VEZ POR TODAS “QUE A VIDA É PARA SE VIVER, PARA SE RESPEITAR E PARA SE VALORIZAR” AO INVÉS DE SE CONSIDERAREM DEUSES VULGARES QUE DECIDEM QUEM VAI VIVER E QUEM NÃO VAI VIVER.

  • william | 2012-02-20

    EU NÃO TINHA INTENÇÃO DE COMENTAR, MAS DEPOIS DE LER OS PONTOS DE VISTA DE TODOS OS QUE ESCREVEM DECIDI FAZÊ-LO. REALMENTE O PROBLEMA COLOMBIANO É EXTREMAMENTE COMPLEXO POR DIVERSOS FATORES QUE SE MISTURAM: A) DESIGUALDADE, B) CORRUPÇÃO C) TRÁFICO DE DROGAS D) PARAMILITARES E) GUERRILHA, F) CLASSE EMPRESARIAL E GOVERNOS CORRUPTOS QUE O QUE BUSCAM É ACUMULAR FORTUNAS PARA OBTER MAIS PODER, MAS O QUE MENOS PASSA EM SUA MENTE É RESOLVER OS PROBLEMAS DO POVO COLOMBIANO;BEM, AGORA, TUDO NA VIDA PASSA POR UM CICLO, DEPOIS QUE AS FARC DESAPARECEREM NÃO HAVERÁ MAIS DESCULPAS PARA NÃO SE RESOLVER O PROBLEMA DOS COLOMBIANOS PORQUE JÁ NÃO IRÃO ENTORPECER-NOS COM ESTA GUERRA ESTÚPIDA QUE É COMO UMA DROGA QUE NOS PARALISA. ALGUNS ANOS PASSARÃO E ENTÃO VIRÁ O DESPERTAR DO POVO E IRÃO TIRAR A OLIGARQUIA DO PODER E VIRÁ A VERDADEIRA REVOLUÇÃO COMO A QUE ESTÁ EM CURSO NA VENEZUELA, EQUADOR, BOLÍVIA, NICARÁGUA, CUBA. A AMÉRICA LATINA É UMA ÚNICA PÁTRIA, É A GRANDE PÁTRIA E PRECISA DOER EM TODOS OS LATINOS. SERIA UM ERRO PENSAR QUE AQUELES QUE NOS EXPLORARAM, QUE SÃO OS FILHOS DA COLÔNIA, QUE ESCRAVIZARAM NOSSOS ANTEPASSADOS, QUE PERMITEM QUE UMA POTÊNCIA ESTRANGEIRA VENHA AO SEU PAÍS PARA VIOLAR NOSSAS FILHAS. NOSSAS MULHERES E NADA ACONTECE COM ELES, RESOLVERÃO OS PROBLEMAS QUE ELES MESMOS CRIARAM.

  • Kable Krone | 2012-02-18

    O problema é que as farc atacam o povo indefeso… mas por outro lado, o governo colombiano é que financia esta guerra que já esqueceram que começou... essa guerra começou nos primórdios deste século, porque as pessoas “comuns” em sua sede de serem socialistas como tantas que existiram ao longo da história, como C. Marx, Lenin entre outros. Estes socialistas tinham a certeza de que a política deveria ser para o benefício do povo, mas dessa época até os dias de hoje a política é para o benefício de uns poucos. O que esse movimento à margem da lei fez foi tentar chegar ao poder por meios legais, mas...como eles tinham esse pensamento socialista, e não queriam continuar como outros movimentos já vinham fazendo, seus líderes começaram a ser mortos, para impedir-lhes de chegar ao poder... mas eles não querem mais ser oprimidos pegaram em armas para tentar dar um golpe de estado... como em Cuba, mas aquilo não foi possível... por isso desde então eles têm tentado fazê-lo através da força bruta... que aparentemente em nossa sociedade é a única força que funciona!!!. A verdade deste comentário é... para que saibam que há alguém que tem os olhos bem abertos... e que se amanhã, “por alguma coincidência da vida eu aparecer “MORTO” vocês saberão por quê. Eu não sou um guerrilheiro como eles apelidaram as FARC, e não sou das FARC... eu sou apenas um cidadão com consciência.

  • marcos | 2012-02-18

    nunca estarei de acordo com as guerrilhas das FARC: eles são assassinos desumanos, que não pensam, além disso, que não se dão conta de que são os maiores produtores do narcotráfico, por isso, abaixo as farc ep, morte à tropa de assassinos e vândalos .....

  • elrejugao1948 | 2012-02-18

    As FARC não são mais um movimento de guerrilha mas uma organização de tráfico de drogas e terrorismo. E o único meio de exterminá-los é legalizando os narcóticos, coisa que a Colômbia não pode fazer sozinha. O problema é que o narcotráfico favorece as elites econômicas mundiais e por isso não será fácil para os líderes mundiais aceitarem aplicar essa solução.

  • luismendu2hotmail.com | 2012-02-18

    há muito tempo eu tenho pensado… se a mídia parar de mencionar por UM dia, SOMENTE UM dia....a EXISTÊNCIA da tão mencionada FARC,... vocês não acreditam que isso iria ATINGI-LOS muito mais do que qualquer um dos ATAQUES feitos pelo EXÉRCITO COLOMBIANO?...

  • FRASSER | 2012-02-17

    REALMENTE NA COLÔMBIA HAVERÁ PESSOAS DESCONTENTES QUE SABEM COMO LIDAR COM OS COFRES DO ESTADO, QUE PODEM SER DESTINADOS ÀS PESSOAS MENOS PRIVILEGIADAS, E A IGNORÂNCIA DE MUITAS PESSOAS QUE NÃO SABEM LER NEM ESCREVER; DOS QUAIS UNS POUCOS SE APROVEITAM PARA MANIPULÁ-LAS. UM POVO IGNORANTE É UM POVO SUBJUGADO: BOLÍVAR

  • LUIS | 2012-02-16

    A GUERRA É CONVENIENTE PARA UNS POUCOS, QUE LUCRAM COM ELA, É POR ISSO QUE ELES NÃO SE IMPORTAM COM A PAZ, PORQUE SEUS FILHOS NÃO TÊM DE IR PARA A GUERRA, SE NÃO UMA HARVARD PARA PREPARÁ-LOS PARA CONTINUAR A HISTÓRIA, POR QUANTO TEMPO OS COLOMBIANOS CONTINUARÃO ACREDITANDO EM TODAS AS MENTIRAS, AJUDADAS PELA MÍDIA, SOBRE ESTA ULTRADIREITA CRIMINOSA E DIABÓLICA? ELES APENAS SE IMPORTAM COM O PODER E ESMAGAR AQUELES QUE DESEJAM MUDAR ISTO, E VOCÊS OS COLOMBIANOZINHOS FICAM ARRANCANDO OS CABELOS DEFENDENDO SEUS AMOS “MAS QUE IRONIA”

  • Santy Ben Morera | 2012-02-16

    Na Colômbia neste momento as Forças Armadas e a Polícia Nacional estão vencendo, não no campo militar, mas no campo jurídico. Os narcoterroristas estão infiltrados nas cortes supremas, no Ministério Público e nos órgãos fiscalizadores, que junto com as ONGs da esquerda radical que posam para a comunidade internacional como defensores dos Direitos Humanos estão apaziguando os militares com exigências e detenções – caso do Coronel Plazas Vega – Estamos entrando numa séria crise das instituições, o que ameaça acabar com o Estado de Direito. Se os mexicanos desejam revidar com algum sucesso a luta contra o crime, devem começar elegendo um verdadeiro líder; que sinta a dor, o medo e a angústia da população, quando tem de enfrentar os criminosos ou ser sua vítimas. Não a um líder que negligencia por conveniências pessoais ou alheias sua verdadeira responsabilidade, que é zelar pela segurança e a tranquilidade do povo. Na Colômbia o atual governo deixou de lado a dignidade, soberania, integridade e segurança do povo para trair os ideais e a obra da política pública de “segurança democrática” planejada no governo anterior de Alvaro Uribe Velez, com a intenção de atacar militar e juridicamente os narcoterroristas e seus cúmplices na imprensa, na justiça e na política – por exemplo, Piedad Córdoba, senadora que foi destituída por seus vínculos com criminosos e que no momento atua com impunidade, pelas garantias oferecidas por seus amigos na justiça – a prova que mostra que a Colômbia está perdendo sua liderança nesta luta, é o aumento dos atos terroristas aos quais o presidente sem vergonha alguma afirma serem exagerados pela imprensa, a situação, a percepção é apenas o que acontece na Colômbia.

  • marco aurelio | 2012-02-16

    Sr. JULIÁN, seu comentário soa como o de uma pessoa que vive na década de 60 com esta retórica comunista sobre o império, pessoas como você que preferem ver traficantes de drogas, assassinos e sequestradores pelo simples fato de detestar um país, isso é ser ignorante e desinformado. As farcs são criminosos brutais que merecem no mínimo a pena de morte e por sorte os Yankees ajudam a Colômbia, de outra forma esses tiranos analfabetos, que a única coisa que sabem é extorquir seu povo do que há de mais elementar em um país: a liberdade de se expressar como pessoas, tendo todos os seus direitos civis protegidos. pergunte ao povo da VENEZUELA, BOLÍVIA e EQUADOR QUE SÃO GOVERNADOS PELOS 3 PATETAS DA AMÉRICA DO SUL. ENTÃO, SR. JULIÁN abra sua boca e dê sua opinião, seja sensato e não tente fazer média com esses 3 tiranos insignificantes.

  • RANCON57@HOT MAIL .COM | 2012-02-15

    A DEFESA DAS FORÇAS DE LIBERTAÇÃO DO POVO COLOMBIANO É UMA GARANTIA DE AJUDA PARA ESSE POVO. NÃO DUVIDO DISSO PELAS PESSOAS DA COLÔMBIA. MAS OS DIREITOS E DEVERES DE UM POVO EXPLORADO, ENGANADO POR ESTA DIREITA CAPITALISTA DO PENTÁGONO DISFARÇADA NESSE PAÍS. QUE TEM A MAIOR RIQUEZA EM ESMERALDAS QUE EXISTE APENAS EM DOIS PAÍSES NO MUNDO QUE POSSUEM ESSA PEDRA E PRECIOSA TAMBÉM NÃO CONCORDO, MAS APOIO AS FORÇAS DE LIBERTAÇÃO QUE NÃO ESTÃO DE ACORDO COM ESTE GOVERNO. MAS ISSO TIROU AS GARANTIAS DE VIDA, TANTOS ANOS HÁ UM REFÉM HUMANO, EU NÃO CONCORDO, E QUE PERDE UNS ANOS DE SUA VIDA SOFRENDO ATROCIDADES CONTRA SEUS DIREITOS HUMANOS, EU NÃO APOIO NENHUM REVOLUCIONÁRIO DO PLANETA. OBRIGADO PELA ATENÇÃO “RAMONON”

  • ReyRey | 2012-02-15

    A mesma estratégia de CRAVAR 5 BASES MILITARES DE PROPRIEDADE DOS ESTADOS UNIDOS? é a isso que te referes? Saudações ESCRAVO COLOÍSTA. O terrorismo existe e sempre existirá, porque são os grupos irregulares que trabalham na sombra, podem levar duros golpes mas não desaparecer com a violência, o problema é político! realmente vejo comentários e digo: o que sabem as pessoas que não fizeram nenhum curso de contrainsurgência ou antiterrorismo nem veem o grau de interferência e o poder da tecnologia militar das bases norte-americanas que se dedicam à espionagem? com o devido respeito, mas não sabem, muito menos a lógica que se segue nas centrais de inteligência, ficariam muito alarmados, porque é como "lutar contra o diabo com outro diabo", não sabem e não sei por que afirmam em muitos casos, saudações espero não ofender mas é a verdade. UM PAÍS PERDE A SOBERANIA E FICA VULNERÁVEL QUANDO SE PLANTAM BASES DE "APOIO" (ESPIÕES) EM SEU PAÍS, NÃO ÀS BASES ESTRANGEIRAS, SAUDAÇÕES

  • karito Mndez | 2012-02-15

    aaaaaaaaaaaa não sabia disto, não que eu seja boba mas eu não sabia nada embora eu seja um pouco bobinha, mas não. sou karito Mndez. Saudações tchau. e não sou boba...

  • Pepe Papanopulus | 2012-02-15

    Quem escreve que as FARC são patrióticas, é um guerrilheiro que ainda acredita em tal absurdo de patriotismo e soberania, este povo vive na selva há tanto tempo que não sabe o que diz, eles se autodenominam exército do povo, mas assassinam, fazem extorsões, desalojam e sequestram o povo... então na Colômbia ninguém quer eles, são a pior praga que um país tão bonito como a Colômbia pode ter. tiram a terra dos camponeses para plantar coca e são eles que impõem aos camponeses colombianos o que deve ser semeado. É UM GRUPO TERRORISTA ARCAICO COM SUAS FILOSOFIAS MARXISTAS, LENINISTAS E TERRORISTAS.

  • Italo Raúl Castellanos Farfan | 2012-02-13

    É bom todo o escrito que demonstre às populações da América Latina, a luta que se trava na bela Colômbia, é o fim da guerrilha, demonstrando que estão fora do contexto que desejamos todos nós os latinos.

  • Alvaro Arango Rodriguez | 2012-02-10

    Senhores: FARC. Vocês perderam a identidade perante o povo colombiano, pois se converteram em criminosos comuns, assassinando, sequestrando, traficando drogas e abusando da população civil. A única alternativa que têm é se entregar e pagar por todos os crimes cometidos, do contrário lhes acontecerá o mesmo que aconteceu a Raúl Reyes, Mono Jojoy, Alfonso Cano e outros. São FDPs de cabo a rabo.

  • HOMERO MOLINA | 2012-02-10

    LI UMA REPORTAGEM QUE ME MANDARAM SOBRE OS ATENTADOS, BEM QUANDO EXPLODE UMA BOMBA NÃO IMPORTA QUEM A COLOCA NÃO DEIXAM DE SER SERES DESALMADOS, ATRAVÉS DA HISTÓRIA COLOMBIANA TEM-SE VISTO ATENTADOS FEITOS PELA EXTREMA DIREITA PARA MIDIATICAMENTE GERAR MAIS ÓDIO CONTRA SEU INIMIGO DE TAL FORMA QUE TEMOS DE TER RESERVAS QUANTO AO AUTOR DOS ATENTADOS JÁ QUE PODEM VIR DE CRIMINOSOS DE ULTRADIREITA E PARA SABER QUEM É O REPRESENTANTE MÁXIMO BASTA APENAS DIZER QUE O ALVO É A GALINHA E PRONTO. DE FORMA QUE SERIA BOM QUE OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO FOSSEM MAIS IMPARCIAIS E NÃO SAÍSSEM DANDO NOTÍCIAS SEM INVESTIGAR, PORQUE TUDO O QUE ACONTECE ELES, COMO OVELHAS, AUTOMATICAMENTE JÁ SABEM A QUEM ACUSAR. OS GUERRILHEIROS, OS PÁRACOS, OS MILITARES QUE, EXECUTAM E EXECUTARAM FALSOS POSITIVOS COM MASSACRES OU SELETIVAMENTE, OS PARAPOLÍTICOS GERADORES DE VIOLÊNCIA E MASSACRES, EXISTE ALGUMA DIFERENÇA ENTRE UM E OUTRO DESSES CRIMINOSOS, O RÁDIO DESTACA APENAS UM SETOR, ATACAM APENAS UM PARTIDO POLÍTICO, MAS NUNCA OBTÊM INFORMAÇÕES DE TODOS OS PARAPOLÍTICOS OU FARPOLÍTICOS CONDENADOS PELA JUSTIÇA PARA SABER AO MENOS A QUE PARTIDO PERTENCEM E QUAL É O PARTIDO POLÍTICO QUE TEM MAIS ASSASSINOS INVESTIGADOS OU PRESOS E OUTROS FUGINDO PARA PAÍSES AMIGOS PARA SE ESCONDER COMO RATOS DE ESGOTO.

  • ana acosta | 2012-02-09

    Quando um país está tão tomado pelo narcotráfico como o México ou a Colômbia, já que agora o problema é pela droga e não ideológico, a culpa é da sociedade. A essa altura dos acontecimentos, lhes acontece o que merecem. Moro no Uruguai e certamente aqui entra droga, mas não nos deixemos dominar assim. Quem se mete nisso já sabe a que se expõe, não copie nenhum dígito.

  • Andrés | 2012-02-09

    É absurdo pensar que a guerra na Colômbia terminará com fins militares, se é verdade que agora o recrutamento ilegal é mais difícil mas ainda continua entrando pessoal civil nestes grupos dia após dia. é verdade que a guerrilha está na selva combatendo mas muitos deles estão em suas casas com suas famílias com diferentes objetivos, deveriam pensar em outra solução alternativa, pois a insurgência que fica na linha de combate os deixará entretidos por alguns anos mais. O governo colombiano deveria pensar nos soldados, os civis, pessoas inocentes que caíram enquanto acabavam com eles.

  • Julián | 2012-02-08

    Ninguém pode acreditar como a manipulação criminosa da mídia tenta soterrar as políticas e as intenções que as patrióticas forças armadas revolucionárias da Colômbia têm como ator armado. É verdade que um plano que não é colombiano, mas desde sua origem enraizada nos ianques no esforço de ganhar posição estratégica que possibilite uma confortável expansão na região amazônica e sirva de controle político para a política assumida pelos vizinhos de fronteira como Chávez e Correa. E sem dúvida as FARC tornaram-se um ator coadjuvante, mas não pensem os criminosos do Império e da direita colombiana que o fim das FARC é o fim da violência. Outra América é possível. Não confunda o Los ZETAS com os criminosos das FARC. Mídia criminosa.

  • luiseduardosalinas | 2012-02-06

    espero que em outros países lhes sirvam os comentários desta luta que nós os colombianos levamos

  • julian rivera | 2012-02-05

    Muitas pessoas estão mais interessadas no resultado do momento do que no resultado do futuro, acreditamos que matar um dos membros desta organização Terrorismo é algo relevante. Pode ser de grande importância para a mídia, que está atenta a preencher folhas, mas o Estado, que vive numa letargia da qual não quer sair ou não se dá conta, é o único que perde. Senhores, militares, senhores membros do gabinete de governo, matar o narcoterrorista CANO não foi um triunfo para o país, foi fechar uma enorme oportunidade que o país tinha para alcançar a tão amada e sonhada paz. Poucos, talvez nenhum comandante dessa organização esteve tão perto de uma negociação como este criminoso. O que o Estado fez foi apagar uma luz e não iniciar uma nova era. Prova disso é que depois desse sucesso vêm sendo praticados atentados por todos os lados e como sempre os portadores legais de armas são os que vivem o rigor de uma guerra que se trava e da qual não sabem nada. W23

  • Claudio Vallejos | 2012-02-05

    ENQUANTO HOUVER DESEMPREGO, FOME E IDOSOS SEM-TETO, CRIANÇAS, CAMPONESES SEM TERRA, HAVERÁ CONFLITO ONDE TODOS SERÃO VÍTIMAS; PARA CESSAR O CONFLITO, É NECESSÁRIO O DIÁLOGO, PELA SOLUÇÃO POLÍTICA NEGOCIADA. É ISSO QUE NÓS COLOMBIANOS DE BEM PENSAMOS; OS POLVOS FINANCEIROS QUE SE BENEFICIAM COM ESSA VIOLÊNCIA, PENSAM OUTRA COISA

Tue Apr 15 22:20:23 2014

Pesquisa de Opinião

Você acha que o crime organizado é uma ameaça à estabilidade em seu país?

Ver resultados